Ivan Storti/Divulgação
Ivan Storti/Divulgação

Liberados, Adriano e Léo reforçam o Santos na decisão da Recopa

Volante e lateral-esquerdo devem ser titulares diante da Universidad de Chile, quarta-feira

SANCHES FILHO, Agência Estado

24 de setembro de 2012 | 17h41

SANTOS - Muricy Ramalho contará com os reforços de Adriano e Léo para o segundo jogo da final da Recopa Sul-Americana, nesta quarta-feira, contra a Universidad de Chile, no Pacaembu. Recuperados de lesão, o volante e o lateral-esquerdo treinaram nesta segunda-feira e devem ser titulares do Santos na competição internacional.

Adriano voltou ao time ao se recuperar de uma entorse no tornozelo esquerdo. Léo, por sua vez, vinha sendo poupado pelo treinador, seguindo a programação especial estabelecida pelo departamento médico do clube. Aos 37 anos, o lateral sofre com problemas crônicos no joelho direito e na panturrilha.

Às vésperas da partida decisiva, Muricy preferiu fazer mistério no Santos. Fechou os portões durante a maior parte do treino realizado nesta segunda e não deu indicações sobre a formação da equipe.

O treinador, contudo, deve mandar a campo seus principais jogadores. A única baixa deverá ser o lateral-direito Bruno Peres. Ele vem treinando em separado por conta de lesão e ainda será submetido a um teste físico na tarde desta terça. Se for vetado, Douglas será mantido na lateral.

Já o volante Henrique não tem chances de entrar em campo nesta quarta. Após se recuperar de um problema no púbis, ele está intensificando os trabalhos físicos para recuperar sua melhor forma. O jogador deve voltar ao time somente no fim de semana, na partida contra o Grêmio, no domingo.

Em busca da vitória, depois de um empate sem gols na ida, o Santos deve entrar em campo nesta quarta com: Rafael; Douglas, Bruno Rodrigo, Durval, Leo; Adriano, Arouca, Gerson Magrão e Felipe Anderson; Neymar e André.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSantos FCAdrianoLéo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.