Libertad garante a 1ª vaga nas semifinais da Libertadores

Jogando em casa, o paraguaio Libertad garantiu a sua vaga nas semifinais da Copa Libertadores da América ao vencer os argentinos do River Plate por 3 a 1, nesta terça-feira, no Estádio Defensores del Chaco, em Assunção. O time portenho havia eliminado o Corinthians nas oitavas-de-final. O primeiro confronto terminou empatado por 2 a 2, em Buenos Aires, no dia 11 de maio.Com a classificação, a equipe comandada pelo treinador Gerardo Daniel Martino irá enfrentar na próxima fase o vencedor do confronto entre Internacional e LDU, do Equador. As duas equipes fazem o segundo jogo das quartas-de-final nesta quarta-feira, em Porto Alegre - o jogo de ida acabou com vitória por 2 a 1 para os equatorianos.Melhor em campo, o Libertad abriu o marcador aos 16 minutos do primeiro tempo. O meia Carlos Bonet recebeu longo passe na direita e cruzou na área para o atacante Rodrigo López cabecear sem chances para o goleiro Germán Lux, que ficou olhando a bola entrar no canto esquerdo.Os donos da casa ampliaram a vantagem aos 40. Numa bela jogada de Martín Hidalgo, o lateral-esquerdo se livrou de dois marcadores, invadiu a área e chutou cruzado, mas a bola bateu na trave. Na sobra, o volante Sergio Aquino só teve o trabalho de completar para o fundo das redes.Após o intervalo a equipe paraguaia seguiu pressionando e conseguiu chegar ao terceiro gol aos 3 minutos da etapa complementar com o volante Cristian Riveros, que recebeu passe da esquerda e, sozinho, bateu sem chances para o camisa 1 argentino. Aos 31, o River Plate marcou o seu tento de honra. Gonzalo Higuaín lançou Ernesto Farias na área, que tentou duas vezes para vencer o goleiro Bobadilla.Nos minutos finais do jogo, a torcida do River Plate, inconformada com a derrota e a eliminação, partiu para cima da polícia paraguaia. O juiz chileno Rubén Selman encerrou a partida por falta de segurança.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.