Henry Romero | Reuters
Jogadores do Flamengo vão defender o título da Libertadores Henry Romero | Reuters

Jogadores do Flamengo vão defender o título da Libertadores Henry Romero | Reuters

Libertadores 2020: grupos, tabela, onde assistir, premiação e mais informações

Confira as principais informações sobre o torneio continental que voltará a ser disputado em setembro

Daniel Batista , O Estado de S.Paulo

Atualizado

Jogadores do Flamengo vão defender o título da Libertadores Henry Romero | Reuters

A Copa Libertadores de 2020 teve início no dia 21 de janeiro, mas os brasileiros estrearam no dia 4 de fevereiro. Corinthians Internacional disputaram a fase preliminar e os paulsitas acabaram ficando pelo caminho. Já a equipe gaúcha se juntou a Flamengo, São Paulo, Santos, Grêmio, Inter e Athletico Paranaense na etapa de grupos,  que foi interrompida na segunda rodada, em razão do novo coronavírus.

O Estadão destaca as principais informações da competição sul/americana e quais os times que tentam superar o atual campeão Flamengo. A decisão será realizada no estádio do Maracanã, em jogo único, mas ainda sem data definida. Confira a tabela completa da Libertadores 2020.

Quais são os grupos da Libertadores?

  • Grupo A: Flamengo, Independiente del Valle/EQU, Junior Barranquilla/COL e Barcelona/EQU
  • Grupo B: Bolívar/BOL, Palmeiras, Tigre/ARG e Guaraní
  • Grupo C: Athletico/PR, Colo/Colo/CHI, Jorge Wilstermann/BOL e Peñarol/URU
  • Grupo D: Binacional/PER, LDU/EQU, River Plate/ARG e São Paulo
  • Grupo E: América de Cali/COL, Grêmio, Universidad Católica/CHI e Internacional
  • Grupo F: Alianza Lima/PER, Estudiantes de Mérida/VEN, Nacional/URU e Racing/ARG
  • Grupo G: Defensa y Justicia/ARG, Delfín/EQU, Olímpia/PAR e Santos
  • Grupo H: Boca Juniors/ARG, Caracas/VEN, Libertad/PAR e Independiente Medelín

Como assistir a Copa Libertadores da América 2020?

A competição terá transmissão nos canais SporTV, Fox Sports, TV Globo e no Facebook da Conmebol. 

Valores de premiação

O prêmio ao campeão é de US$ 15 milhões (R$ 63,7 milhões). No total, o time vencedor da competição deste ano pode receber até US$ 22,5 milhões (R$ 95,5 milhões) contando as fases anteriores. Confira os valores: 

  • Campeão: US$ 12 milhões (R$ 48,8 milhões)
  • Vice: US$ 6 milhões (R$ 24,39 milhões)
  • Semifinais: US$ 1,75 milhão (R$ 7,11 milhões)
  • Quartas: US$ 1,2 milhão (R$ 4,87 milhões)
  • Oitavas: US$ 1,05 milhão (R$ 4,26 milhões)
  • Fase 3: US$ 550 mil (R$ 2,23 milhões)
  • Fase 2: US$ 500 mil (R$ 2,03 milhões)
  • Fase 1: US$ 350 mil (R$ 1,42 milhão)

Quando volta a Libertadores 2020?

Os times retornarão aos gramados a partir do dia 15 de setembro. Entre os brasileiros, o Santos é o primeiro a jogar e vai enfrentar o Olímpia, em casa. A primeira fase foi disputada entre os dias 21 e 29 de janeiro. A segunda etapa, conhecida também como pré-Libertadores, quando os brasileiros começaram a participar, se iniciou no dia 4 de fevereiro e foi até 13 de fevereiro. Em seguida, a terceira fase foi disputada entre 18 e 26 de fevereiro. A etapa de grupos teve início no dia 3 de março e foi paralisado em razão da covid-19.  

Qual é o maior campeão da Libertadores?

O Independiente, da Argentina, é o maior campeão da competição, com sete títulos. O Flamengo é o atual campeão. 

Quais times brasileiros estão na Libertadores?

São oito os times do Brasil na competição deste ano. Corinthians caiu na fase fase preliminar, na pré-Libertadores. Inter, Flamengo, Grêmio, São Paulo, Santos, Athletico-PR e Palmeiras são os representantes do País na fase de grupos.

Por que a Copa Libertadores da América tem esse nome?

A denominação da competição se dá em homenagem aos líderes dos movimentos de independência dos países que disputam a competição. Entre 1960 e 65, o torneio se chamava Copa dos Campeões da América. 

Quando foi disputada a primeira Libertadores?

A primeira edição, ainda como Copa dos Campeões, aconteceu em 1960 e contou com a participação de seis equipes: Bahia (Brasil), Jorge Wilstermann (Bolívia),  Millonarios (Colômbia), Olímpia (Paraguai), Peñarol (Uruguai), San Lorenzo (Argentina) e Universidad do Chile. Esses clubes disputaram a competição por terem sido campeões nacionais no ano anterior. 

Quais times brasileiros foram campeões da competição?

Nove clubes do Brasil já tiveram a honra de levantar a taça de melhor da América. São eles:

  • São Paulo: 3 (1992, 1993 e 2005)
  • Grêmio: 3 (1983, 1995 e 2017)
  • Santos: 3 (1962, 1963 e 2011)
  • Cruzeiro: 2 (1976 e 1997)
  • Flamengo: 2 (1981 e 2019)
  • Internacional: 2 (2006 e 2010)
  • Corinthians: 1 (2012)
  • Atlético-MG: 1 (2013)
  • Palmeiras: 1 (1999)
  • Vasco: 1 (1998)

Quem é o maior artilheiro da Libertadores?

Embora a competição seja dominada por brasileiros e argentinos, o jogador com mais gols pela competição é o equatoriano Alberto Spencer, que defendeu Peñarol-URU e Barcelona-EQU na década de 70 e fez incríveis 54 gols. Confira a lista dos cinco maiores artilheiros e por quais times ele marcou os gols:

  • Alberto Spencer-EQU (Penãrol-URU (48) e Barcelona-EQU (6)): 54
  • Fernando Morena- URU (Peñarol-URU (37)): 37
  • Pedro Rocha- URU (Peñarol- URU (25), São Paulo (10) e Palmeiras (1)): 36
  • Daniel Onega- ARG (River Plate- ARG (31)): 31
  • Julio Morales-URU (Nacional-URU (30)): 30

Quem é o maior artilheiro brasileiro da Libertadores?

O jogador brasileiro que mais fez gols em jogos pela Copa Libertadores é o atacante Luizão, que balançou as redes 29 vezes. Foram oito pelo Vasco, 15 pelo Corinthians, 1 pelo Grêmio e cinco pelo São Paulo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Confira os valores da premiação

Campeão da competição continental pode ganhar quase R$ 100 milhões pelo título

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

03 de fevereiro de 2020 | 19h00
Atualizado 27 de agosto de 2020 | 10h08

A Copa Libertadores de 2020 tem como uma das principais atrações o fato de aumentar a premiação ao time campeão. O vencedor do último jogo da competição receberá US$ 15 milhões (63,7 milhões), US$ 3 milhões a mais do que foi pago ao Flamengo, atual campeão. No total, a equipe vencedora pode receber até US$22,5 milhões (R$ 95,5 milhões ) contando as fases anteriores.  

Todas as fases tiveram um aumento na premiação. Na final, que será disputada no Maracanã, além da premiação, cada clube vai receber 25% da arrecadação na venda de ingressos e 50% dos ingressos serão destinados para os torcedores dos clubes envolvidos. A outra metade ficará na mão da Conmebol, seus patrocinadores e convidados. Tudo isso, claro, se já tiver sido liberado a presença de torcedores nos estádios. 

Valores de premiação da Libertadores 2020

  • Fase de grupos: US$ 3 milhões (R$ 12,74 milhões)
  • Oitavas de final: US$ 1,05 milhão (R$ 4,26 milhões)
  • Quartas de final: US$ 1,5 milhão (R$ 6,37 milhões)
  • Semifinais: US$ 2 milhões (R$ 8,49 milhões)
  • Campeão: US$ 15 milhões (R$ 63,72 milhões)
  • Vice-campeão: US$ 6 milhões (R$ 25,48 milhões)

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Veja a lista de campeões da Libertadores

Argentina lidera e o Brasil é quem mais teve vice-campeões continentais

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

03 de fevereiro de 2020 | 17h53
Atualizado 27 de agosto de 2020 | 09h28

A Copa Libertadores chega a sua edição de número 60 neste ano. A competição mantém os moldes de edições anteriores e historicamente, os argentinos continuam com folga na lista de maiores vencedores do torneio, seguidos por brasileiros e uruguaios. O Independiente é o grande vencedor da competição, com sete conquistas e o Flamengo é o último vencedor.

Um fato curioso é que nas últimas 11 edições, em apenas um ano o campeão não foi um time brasileiro ou argentino. Em 2016, o Atlético Nacional, da Colômbia, ficou com o título. 

LISTA DE CAMPEÕES DA LIBERTADORES

  1. Independiente-ARG: 7 (1964, 1965, 1972, 1973, 1974, 1975 e 1984)
  2. Boca Juniors-ARG: 6 (1977, 1978, 2000, 2001, 2003 e 2007)
  3. Penãrol-URU: 5 (1960, 1961, 1966, 1982 e 1987)
  4. River Plate-ARG: 4 (1986, 1996, 2015 e 2018)
  5. Estudiantes-ARG: 4 (1968, 1969, 1970 e 2009)
  6. Olímpia-PAR: 3 (1979, 1990 e 2002)
  7. Nacional-URU: 3 (1971, 1980 e 1988)
  8. São Paulo-BRA: 3 (1992, 1993 e 2005)
  9. Grêmio-BRA: 3 (1983, 1995 e 2017)
  10. Santos-BRA: 3 (1962 , 1963 e 2011)
  11. Cruzeiro-BRA: 2 (1976 e 1997)
  12. Atlético Nacional-COL: 2 (1989 e 2016)
  13. Internacional-BRA: 2 (2006 e 2010)
  14. Flamengo-BRA: 2 (1981 e 2019)
  15. Palmeiras-BRA: 1 (1999)
  16. Colo-Colo-CHI: 1 (1991)
  17. Racing-ARG: 1 (1967)
  18. Argentinos Juniors-ARG: 1 (1985)
  19. Vélez Sarsfield-ARG: 1 (1994)
  20. Vasco-BRA: 1 (1998)
  21. Once Caldas-COL: 1 (2004)
  22. LDU Quito-EQU: 1 (2008)
  23. Corinthians-BRA: 1 (2012)
  24. Atlético-MG-BRA: 1 (2013)
  25. San Lorenzo-ARG: 1 (2014)

Para Entender

Libertadores 2020: grupos, tabela, onde assistir, premiação e mais informações

Confira as principais informações sobre o torneio continental que voltará a ser disputado em setembro

TOTAL DE TÍTULOS POR PAÍS

  1. Argentina: 25
  2. Brasil: 19
  3. Uruguai: 8
  4. Colômbia: 3
  5. Paraguai: 3
  6. Chile: 1
  7. Equador: 1

TOTAL DE VICES POR PAÍS

  1. Brasil: 15
  2. Argentina: 12
  3. Uruguai: 8
  4. Colômbia: 7
  5. Chile: 5
  6. Paraguai: 5
  7. Equador: 3
  8. México: 3
  9. Peru: 2

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.