Libertadores: Santos recebe o Chivas e vitória vale a liderança

Equipe do técnico Emerson Leão precisa da vitória para se manter vivo no Grupo 6 da competição internacional

Sanches Filho, Especial para O Estado de S. Paulo

03 de março de 2008 | 18h38

Um time desfigurado e cabisbaixo. Esse é o Santos que entrará em campo nesta terça-feira, às 21h50, na Vila Belmiro para enfrentar uma das maiores forças da Copa Libertadores deste ano, o Chivas Guadalajara, do México. A partida terá acompanhamento online do estadao.com.br.Veja também: Leão tem desfalques no treino e reclama de médico no Santos Santos apresenta sua terceira camisa, de cor azul Ex-jogadores pedem reforços para que Santos evite vexame Santos é o melhor brasileiro no ranking da IFFHS  Coleção de uniformes do Santos na temporada 2008 Se vencer, assume a liderança; se perder, põe em risco a classificação à próxima fase. Com a derrota em Sertãozinho, sábado, a crise está de volta e Leão vai fazer pelo menos três mudanças no time para o jogo. E só não troca mais por falta de opções. SantosFábio Costa; Adriano, Domingos, Betão e Luiz Henrique; Marcinho Guerreiro, Rodrigo Souto, Quiñones e Molina; Wesley e Kléber PereiraTécnico: Emerson Leão Chivas (MEX)Luis Michel; Xavier Báez, Jonny Magallón, Héctor Reynoso e Francisco Javier Rodríguez; Edgar Solís, Gonzalo Pineda, Ramón Morales e Marco Fabián; Omar Bravo e Sergio SantanaTécnico: Efraín FloresÁrbitro: Carlos Amarilla (PAR)Estádio: Vila Belmiro, em Santos, SPHorário: 21h50Rádio: Eldorado/ESPN - 700 AMTV: SporTVDenis, com estiramento na coxa esquerda, será substituído por Marcinho Guerreiro - Adriano será deslocado para a lateral-direita -, enquanto Carleto e Tripodi saem por deficiência técnica. O meia Luiz Henrique vai ser improvisado na lateral-esquerda e Quiñonez completará o meio-de-campo com Marcinho Guerreiro, Rodrigo Souto e Molina. Wesley vai jogar mais avançado, formando dupla com Kléber Pereira.LEÃO IRRITADOLeão teve motivos de sobra para ficar irritado nesta segunda-feira. Ao chegar ao Centro de Treinamento Rei Pelé, ele soube de jogadores contundidos e que a situação do chileno Sebastián Pinto ainda não foi resolvida.Leão se queixa das seguidas perdas de jogadores inscritos para a primeira fase da Libertadores. Primeiro foi o lateral-esquerdo Kléber, submetido a uma cirurgia de abdome, em seguida Adailton, que sofreu grave lesão no joelho esquerdo, e agora Denis. Além de Fabão que ainda não recuperou a forma ideal e Sebastián Pinto com problema de documentação. Além disso, vai poupar Carleto, temendo que ele seja queimado pela torcida se repetir a fraca atuação de sábado. Mas, o que acabou mesmo com a paciência do treinador foi a péssima atuação do time na derrota diante do Sertãozinho.  

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.