Libertadores: S.Caetano quer vaga já

"Não se deixa para amanhã o que se pode fazer hoje". O técnico do São Caetano, Jair Picerni, evocou este velho ditado popular para mostrar com exatidão o objetivo do seu time dentro da Taça Libertadores da América. Ele quer vencer o Alianza, em Lima, quinta-feira, para antecipar a sua classificação à segunda fase. O São Caetano lidera o Grupo 1 com nove pontos, seguido pelo Cerro Porteño, do Paraguai, com sete pontos e, depois, pelo Cobreloa do Chile, com seis pontos. O Alianza é o lanterna com apenas um ponto em quatro jogos. Este confronto é válido pela penúltima rodada e pode dar a vaga ao time brasileiro. Cobreloa e Cerro se enfrentam no próximo dia 4 de abril, no Chile. "Além da garantir a classificação, a gente pode depois correr atrás da vaga nas semifinais do Rio-São Paulo", acredita Picerni. O time soma 19 pontos e ocupa a sétima posição no torneio. Seu próximo adversário será o Flamengo, no Maracanã. Mas as atenções, de momento, estão mesmo concentradas no jogo contra o Alianza. Neste jogo, o técnico deverá ter um reforço: o volante Serginho, totalmente recuperado de uma contusão muscular na virilha. Ele deve entrar no lugar de Marlon, que atuou na vitória sobre o São Paulo, por 1 a 0, pelo Rio-SP. Os jogadores se apresentaram nesta terça-feira cedo no estádio Anacleto Campanella, onde realizaram exercícios físicos. À tarde participaram de treinos técnicos e táticos. O tradicional rachão será a última movimentação, nesta quarta-feira cedo, no próprio estádio. Depois a delegação segue direto para Lima, capital do Peru.

Agencia Estado,

26 Março 2002 | 15h59

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.