Líbia dispõe de US$ 9 mi para sediar Copa

Decidida a sediar a Copa do Mundo de 2010, a Líbia abriu os cofres e prometeu investir US$ 9 milhões para receber a maior competição de futebol. O anúncio foi feito nesta sexta-feira pelo presidente da federação de futebol local, Abdul Maged Bushwesha. ?Dispomos do maior caixa da história das copas do mundo e confio que podemos acolher este torneio?, afirmou o dirigente que participa do congresso extraordinário da Fifa, no Catar.Segundo Bushwesha, se a Líbia for eleita pela Fifa como sede do mundial, oito novos estádios serão construídos até 2008. Desde que as sanções internacionais contra o seu país sejam relevadas.Além da Líbia, Marrocos, África do Sul, Tunísia e Egito também são candidatos para organizar o Mundial de 2010. A escolha será feita em maio do próximo ano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.