Líder há 10 rodada, Criciúma enfrenta o Santo André no ABC

Já a Ponte Preta tenta quebrar série de derrotas contra o Ipatinga; Portuguesa quer entrar no G4 diante do Gama

26 de julho de 2007 | 23h53

Líder do Campeonato Brasileiro da Série B há dez rodadas, o Criciúma tenta obter a terceira vitória seguida nesta sexta-feira, às 20h30, contra o Santo André, no Estádio Bruno José Daniel, em Santo André, pela 15.ª rodada da competição.Ameaçado pela zona do rebaixamento, o time paulista vem de duas derrotas seguidas, a última para o Fortaleza, no Ceará, por 2 a 0, resultado que colocou a equipe na 16.ª posição, com 15 pontos. O Criciúma tem seis pontos de vantagem sobre o Coritiba, segundo colocado, e, na última rodada, venceu o Ituano, por 3 a 0, chegando aos 32 pontos.No Santo André, o técnico Sérgio Soares poderá contar com o retorno do volante Ramalho, mas não terá o lateral-esquerdo Betão nem o volante Willian, ambos suspensos. Marcelinho Carioca também sentiu uma contusão no treino e deve ficar de fora da partida desta sexta. Pelo Criciúma, o técnico Gelson Silva ainda não se decidiu sobre o parceiro de ataque de Maurício. Kelson, Fantick e Rudnei disputam a vaga.Em Campinas, Ponte Preta e Ipatinga tentam buscar um lugar melhor na tabela. Os paulistas perderam seus últimos dois jogos e caíram para o 13.º lugar com 18 pontos. Os mineiros estão há cinco jogos sem derrotas - duas vitórias e três empates -, mas ocupam somente a 11.ª colocação, com 19 pontos.O técnico da Ponte Preta, Nelsinho Batista, não poderá contar com o zagueiro Anderson e o meio-campista Pingo, suspensos. Em compensação, terá os retornos dos atacantes Wanderley e Alex Terra. O zagueiro Emerson, lesionado, é a única dúvida do treinador. No Ipatinga, o lateral-esquerdo Beto está de volta ao time titular do Santo André. O meia Valdeir não deve viajar porque está perto de acertar com o Náutico.Já em Brasília, Gama e Portuguesa se enfrentam de olho numa vaga entre os quatro primeiros colocados, que garantem o acesso à elite no ano que vem. Os dois times fazem boa campanha, com 21 pontos: o time paulista está em sexto, uma posição à frente do candango, por causa do saldo de gols - 4 contra -2.No Gama, o técnico Roberto Cavalo confirmou mais uma vez o goleiro Juninho como titular. As novidades são as voltas do meia atacante Ésley e do volante Naves, que se recuperaram de lesão e já foram liberados pelos médicos. O volante Léo retorna de suspensão, e Coracine e Raul devem deixar a equipe.Com a suspensão de Samuel, expulso na vitória de 3 a 1, diante do Avaí, na última rodada, o técnico Vagner Benazzi vai escalar Marco Aurélio na zaga da Portuguesa. Já Diogo, que foi bem no último jogo, está suspenso e não joga. O restante do time não terá modificações. "Nós estamos correndo por fora. Creio que poderemos surpreender", avisa o entusiasmado Benazzi.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.