Ricardo Duarte/ SC Internacional
Ricardo Duarte/ SC Internacional

Líder Inter tenta manter embalo diante do Bragantino para evitar sombra de rivais

Em caso de vitória, equipe colorada pode abrir até sete pontos de vantagem na liderança

Redação, Estadão Conteúdo

31 de janeiro de 2021 | 15h25

O Internacional não tem como perder a liderança nesta rodada do Brasileirão. São quatro pontos a mais que Flamengo e São Paulo. Sabe, contudo, que qualquer bobeira nesta reta final pode ser fatal e promete entrar ligado diante do perigoso Red Bull Bragantino, às 18h15, no Beira-Rio, para evitar a sombra dos concorrentes.

Abel Braga evita a euforia no grupo, sobretudo após a épica virada sobre o rival Grêmio, de quem não vencia havia 11 jogos, por 2 a 1. A ordem do treinador é que o grupo mantenha os pés no chão, concentrado, e com o lema de "não ganhamos nada".

Matematicamente, o Inter se sagrará campeão com 77 pontos. Mas o time crê que pode desencantar após 41 anos e erguer o quarto título com menos. Mesmo assim, não admite vacilos em solo gaúcho.

Na verdade, a ordem é ampliar a série de oito vitórias seguidas. Desta maneira, não verá os principais concorrentes encostarem e ainda mexerá com o psicológico de quem vem atrás. Lições não faltam na competição. O próprio Inter já esteve na frente, em vantagem, e não a sustentou. Assim como Atlético-MG e São Paulo.

Abel vem motivando ao máximo seus atletas, principalmente os mais jovens, e vê no meio-campo a arma para acabar com o ótimo início de ano do Bragantino. O time do interior surpreendeu o Corinthians em Itaquera, na última rodada, por exemplo, por "ganhar" a disputa no meio. E ainda não perdeu em 2021.

Com Rodrigo Dourado, Praxedes, Edenílson e Patrick em boa fase, o Inter aposta em ganhar a disputa no meio para ver o artilheiro Yuri Alberto decidir na frente. Claudinho, agora artilheiro do Brasileirão ao lado de Marinho e Thiago Galhardo, terá atenção especial.

Caio Vidal cumpriu suspensão no Gre-Nal e volta ao time titular na vaga de Peglow. Do mais, Abel repete os titulares que buscaram a virada por 2 a 1 com gols nos minutos finais.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.