Cesar Greco| Divulgação
Cesar Greco| Divulgação

Líder isolado do Brasileiro, Cuca não exalta vantagem do Palmeiras na tabela

Equipe alviverde venceu o Fluminense neste domingo e abriu três pontos de vantagem para o segundo lugar

Sergio Neto, especial para o Estado, Estadão Conteúdo

28 Agosto 2016 | 19h16

O Palmeiras derrotou o Fluminense neste domingo por 2 a 0, fora de casa, e abriu três pontos de vantagem para o Flamengo, segundo colocado na classificação do Campeonato Brasileiro, com 40 pontos. Porém, o técnico Cuca não quis criar expectativas em relação à vantagem obtida e analisou o nível de competitividade do torneio nacional.

"Está tudo muito parelho, muito enrolado. Um dia a gente perdeu dois pontos em casa para a Ponte Preta. A Ponte é um time que joga bem fora, empatou com o Atlético-MG na Copa do Brasil, ganhou do Corinthians ontem (sábado), é um time que está lutando pelo G4. Hoje (domingo) a gente viu a surpresa do Figueirense e outras equipes que estão lá embaixo lutarem. Cada um tem uma luta. Então, não é porque a gente tem três pontos que achamos que as coisas já aconteceram, porque ainda tem muito chão pela frente", explicou o treinador.

Além disso, Cuca disse que prefere analisar o campeonato mais a frente, e não com base nos resultados obtidos recentemente. "É uma diferença muito curta e a gente tem que estar atento. Eu não fico pensando no campeonato e em quantos pontos eu estou na frente do adversário. 'Ah, agora eu abri dois, eu abri três'. Eu miro lá na frente com 72, 73, 74. O alvo é esse, independente de quem vem, eu imagino que quem fizer entre 72 e 74 esse ano vai sair campeão."

Contra o Fluminense, apesar do jogo truncado, o Palmeiras conseguiu boa atuação e Cuca fez questão de valorizar a vitória e o alto nível imposto pelo adversário. "Foi um jogo consistente. Nós jogamos assim contra o Atlético Paranaense também. Com a Ponte Preta nós não fizemos um mau jogo, foi a Ponte que jogou bem também. Então a gente tem que dar mérito aos adversários. O Fluminense é a melhor defesa do campeonato, tinha perdido só uma como mandante e hoje a gente controlou bem o jogo. Nós fizemos um grande jogo, fizemos dois a zero, perdemos outras oportunidades, poderíamos ter definido o jogo antes, mas está ótimo, excelente. Acho que somos o melhor visitante do campeonato e estamos caminhando bem."

Cuca ainda falou sobre o rendimento do Palmeiras, agora com o retorno de importantes nomes como Gabriel Jesus, o zagueiro Mina e o volante Gabriel. "Quando a gente perde jogadores importantes, é natural que você não vá ter uma evolução. Como é que se faz? Você vai tentar manter de alguma forma, às vezes demora um tempo para achar o ajuste. Hoje, com o time praticamente completo, é um time que tem o controle do jogo, que joga bem mesmo jogando fora de casa".

Agora o Palmeiras terá pela frente o Botafogo da Paraíba pela Copa do Brasil, em casa, na próxima quarta-feira (31). Pelo Brasileirão, o próximo adversário é o São Paulo, também no Allianz Parque, no dia 7 de setembro.

Mais conteúdo sobre:
Palmeiras Campeonato Brasileiro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.