Líder não assusta o embalado Marília

Enfrentar o invicto líder do Campeonato Paulista na casa do adversário, assustaria qualquer time. Menos o Marília, que neste sábado à tarde vai ao Morumbi, medir forças com o São Paulo, pela 13ª rodada do Paulistão. A coragem do time mariliense é justificada por seu retrospecto: não perde há sete jogos e acumula cinco vitórias consecutivas, em uma arrancada que o colocou na quinta colocação, com 20 pontos. A última derrota do MAC aconteceu no dia 5 de fevereiro, para o América por 4 a 2. É mais um fato para reforçar a confiança dos jogadores. "A gente sabe da força do São Paulo, mas temos consciência que podemos trazer o resultado positivo. Vamos com este objetivo para São Paulo", disse o meia Éder. O medo não existe, mas o respeito sim. Segundo o técnico Luís Carlos Martins, o time tem que diminuir os espaços do adversário. "Quando tivermos a posse de bola, iremos buscar o ataque, pois não podemos ficar pensando só em defender. Temos que jogar e vamos também atacar em busca de gols", assegurou o treinador. E para buscar gols, nada melhor que confiar no artilheiro Frontini, que com 10 gols divide a artilharia ao lado de Diego Tardelli, Robinho e Finazzi. O jogador está vivendo um grande momento que até nos treinos, está se destacando. No coletivo, disputado na última quinta-feira, ele fez os dois gols da vitória de 2 a 0 dos titulares. O treinador confirmou que irá manter a equipe que venceu o União São João por 3 a 1.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.