Líder, São Paulo diz que precisa render mais

Depois da vitória sobre o Inter, por 1 a 0, na noite de quarta-feira, no Morumbi, o São Paulo assumiu a liderança do Brasileirão. Apesar disso, o técnico Ricardo Gomes e os jogadores reconhecem que o time precisa render mais nas próximas rodadas para tentar conquistar o título.

ANDRÉ AVELAR, Agencia Estado

29 de outubro de 2009 | 11h00

A vitória levou o São Paulo aos 55 pontos. Assim, ainda pode ser ultrapassado nesta 32ª rodada do campeonato pelo Palmeiras, que tem 54, e pelo Atlético-MG, com 53 - ambos jogam na noite desta quinta-feira. Mas a liderança, mesmo que provisória, já deu confiança aos são-paulinos.

"Foi um jogo muito bom, mas para ser campeão temos que fazer isso ou mais. É na reta final que o time mostra sua força e ganha confiança", disse André Dias. "Sabemos que ainda temos pedreiras pela frente, mas venho falando que vou lutar até o fim para ser campeão mais uma vez", completou Hernanes.

Para Ricardo Gomes, o São Paulo teve uma boa atuação diante do Inter, mas ele lembrou que seu time também sofreu "uma pressão natural" no fim do jogo. "Não é só na raça que se vence um campeonato", afirmou o treinador, reconhecendo que a performance são-paulina ainda pode melhorar.

Agora, o São Paulo volta a jogar no sábado, quando recebe o Barueri, a partir das 18h30, no Morumbi. E a expectativa é de um grande público, pois o time são-paulino já mostrou ao torcedor que vai mesmo brigar pelo título do Brasileirão, que seria o quarto seguido do clube.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.