Líderes e organizações alemães protestam contra o Irã

Políticos e organizações alemães-israelenses protestaram neste domingo contra o anti-semitismo e a política do Governo do Irã em Nuremberg, antes do jogo entre Irã e México, pelo Grupo D da Copa do Mundo, que tem a presença do vice-presidente do país, Mohammed Aliabali."Deixemos claro, e diante dos olhos de todos, que a Baviera e a Alemanha, como o resto do mundo, estão ao lado de Israel e dos judeus", disse o primeiro-ministro da Baviera, Günter Beckstein.A Polícia de Nuremberg montou um esquema especial para garantir a segurança de Aliabali e da seleção, e também para prevenir possíveis ações de grupos neonazistas, em solidariedade ao Irã. Recentemente o presidente do país, Mahmoud Ahmadinejad, classificou o Holocausto como uma grande mentira.Fontes do Ministério de Assuntos Exteriores iraniano revelaram neste domingo, em Teerã, como "improvável" que o chefe de Estado compareça à Copa. O Irã também jogará contra Portugal, dia 17, em Frankfurt, e com a Angola, dia 21, em Leipzig.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.