Liedson admite insatisfação, mas diz respeitar Tite

CAMPINAS - De artilheiro da equipe e peça fundamental para a conquista do Campeonato Brasileiro de 2011, o atacante Liedson passou a ser terceira opção no ataque corintiano nesta temporada. Com pouco espaço no elenco e entrando sempre nos finais das partidas, o jogador admitiu que está insatisfeito com a situação, mas garantiu respeitar todas as decisões do técnico Tite.

AE, Agência Estado

17 de junho de 2012 | 21h23

"Não estou satisfeito com a situação, mas é a preferência do treinador. Tenho que respeitar e continuar trabalhando", declarou, neste domingo, após a derrota por 1 a 0 para a Ponte Preta. A partida foi um cenário do atual momento de Liedson, já que, mesmo escalando o time reserva, Tite optou por Elton como titular.

"Meu contrato não diz que preciso ser titular. Embora não concorde, vou continuar fazendo meu trabalho", afirmou. "Não dá para jogar 15 ou 30 minutos e tentar ganhar a vaga, mas venho trabalhando bem. Vou respeitar a decisão do treinador e a hora que precisar de mim vou atuar o tempo que ele precisar", completou.

No início da temporada, Liedson chegou a ficar algumas partidas afastado, sob o pretexto de estar fazendo um trabalho para retomar sua melhor condição física. Durante o Brasileirão de 2011, ele chegou a ser desfalque em algumas rodadas por conta de uma lesão no joelho esquerdo, que lhe obrigou a passar por uma cirurgia.

O jogador, no entanto, negou que estes problemas físicos ainda o incomodem e se disse em condições de ser titular da equipe. "Estou bem, sem nenhum problema físico, técnico ou psicológico", apontou. "Acho que estou em condições de ser titular do Corinthians, mas respeito a decisão do treinador", completou.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCorinthiansLiedsonBrasileirão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.