Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Liedson confirma proposta do Lyon

Liedson confirmou ter recebido uma proposta do Lyon, da França, por intermédio de seu empresário, o ex-jogador Marcelo Djian. O atacante do Corinthians ainda afirmou que deve mesmo aceitar a transferência, se o clube francês confirmar a proposta. "Não tem como não ir", reconheceu.De acordo com o vice-presidente de futebol do Corinthians, Antonio Roque Citadini, há quase um mês os empresários franceses estão tentando levar Liedson. Até agora, porém, o dinheiro não apareceu.O presidente do Prudentópolis, João Alberto Ituarte, que detém 70% dos direitos federativos do atacante (os outros 30% são do Coritiba), também não recebeu nenhum documento confirmando a proposta. "Ninguém me procurou, mas se o Liedson confirmou, deveremos receber uma ligação a qualquer momento", disse o dirigente.Liedson está entusiasmado com a hipótese de jogar no futebol francês. "Lá, eu não ficaria sumido. Poderia continuar sonhando com a seleção brasileira", revelou. O jogador ainda teve o cuidado de pesquisar na internet algumas informações sobre o Olimpique de Lyon. Sabia até o placar do último jogo. "Eles perderam para o Lille, por 1 a 0, na primeira partida do Campeonato Francês."O vínculo de Liedson com o Corinthians vai até 31 de dezembro. O Prudentópolis estipulou em contrato U$ 2,5 milhões o preço do atacante. Para liberar o jogador, o clube do Parque São Jorge também exige uma compensação financeira. A diretoria soube que o Lyon estaria disposto a investir até U$ 6 milhões para ter o atacante imediatamente. Só que não se entusiasma com a hipótese de comprar os seus direitos federativos e depois renegociá-los. "O risco é muito grande", diz Citadini.O Cruzeiro também quer comprar 50% dos direitos federativos do jogador. A negociação, no entanto, não evoluiu. Liedson prefere a Europa.

Agencia Estado,

06 de agosto de 2003 | 19h17

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.