Ayrton Vignola/AE - 21/3/2011
Ayrton Vignola/AE - 21/3/2011

Liedson quer ser titular do Corinthians, mas Tite prefere evitar polêmica

Atacante foi reserva contra a Ponte, mas mesmo assim pede um lugar no time alvinegro

18 de junho de 2012 | 08h23

SÃO PAULO - Embora tenha entrado aos 23 minutos do segundo tempo e perdido o único lance de que participou contra a Ponte Preta, o atacante Liedson afirmou que tem condições de ser titular do Corinthians.

"Não estou irritado, sou profissional e sei que é opção do treinador. Embora eu não concorde, vou respeitar. Eu treino todos os dias com esperança de jogar. Tenho prazer em atuar e não estou satisfeito com essa decisão", declarou o artilheiro do time em 2011, mas que não conseguiu reeditar suas boas atuações na temporada atual. "Não tenho dúvida (que posso ser titular). Mas não dá para jogar 15, 20 minutos e mostrar. Vou respeitar sempre a decisão do treinador. Não tenho problema físico, técnico ou psicológico. Estou pronto para o que ele precisar."

O técnico Tite não alimentou a polêmica. "Liedson poderia ser titular no entendimento dele. Quando eu era jogador também não entendia como não jogava às vezes. Vejo duas coisas: desempenho no jogo e no treinamento. Não gosto ou desgosto mais de um do que de outro. Vale para ele o que vale para os demais", respondeu o treinador, que ainda não definiu o substituto de Emerson, expulso na partida contra o Santos e que cumprirá suspensão no jogo decisivo da Libertadores, quarta-feira. Willian é o mais cotado; Elton é o azarão e Liedson, a terceira opção.

O goleiro Júlio César reapareceu no gol do Timão. Depois de ter perdido a posição exatamente na derrota para a Ponte pelo Campeonato Paulista, ele teve uma atuação discreta ontem, sem culpa no gol. "Queríamos ter feito pelo menos um ponto. A Libertadores vai acabar e nós não podemos ficar muito distantes dos líderes."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.