Robin Van Lonkhuijsen/EFE
Robin Van Lonkhuijsen/EFE

Liga do Campeonato Espanhol aciona federação na Justiça para ter jogo nos EUA

RFEF quer impedir que Barcelona e Girona se enfrentem em Miami, na Flórida, em janeiro

Estadão Conteúdo

29 de novembro de 2018 | 13h46

A liga que organiza o Campeonato Espanhol acionou na Justiça a Real Federação Espanhola de Futebol para poder realizar um jogo da competição nos Estados Unidos. Segundo um tribunal especializado em causas comerciais de Madri, a liga acusou a federação, ao tentar impedir a realização do jogo fora da Espanha, de competição injusta.

O tribunal já avisou que uma decisão sobre o assunto só deve sair daqui a duas semanas. Em caso de decisão favorável à liga, daria tempo à entidade para confirmar uma partida planejada para Miami, em janeiro, entre Barcelona e Girona.

A liga não revelou detalhes sobre a ação judicial. Mas reclama que a federação se opõe ao jogo fora do país, mas pretende organizar por sua própria conta uma partida fora da Espanha. A entidade que rege o futebol espanhol evitou comentar a informação ao ser questionada pela agência de notícias Associated Press.

Antes de a ação ser iniciada Justiça, a empresa de marketing que apoia a iniciativa da liga nos EUA disse que foi contactada pela federação para realizar o jogo da Supercopa da Espanha em solo norte-americano. A entidade nega.

A liga é responsável pela realização da primeira e segunda divisões do Campeonato Espanhol, enquanto a federação organiza a Supercopa e também a Copa do Rei. A última Supercopa, disputada no início da atual temporada europeia, foi realizada na cidade de Tangier, no Marrocos.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.