Kyodo/ Reuters
Kyodo/ Reuters

Liga dos Campeões da Ásia recomeçará em setembro com grupos e mata-mata no Catar

Torneio que dá vaga para o Mundial de Clubes voltará a ser disputado em setembro

Redação, Estadão Conteúdo

16 de julho de 2020 | 09h41

A Liga dos Campeões da Ásia vai recomeçar em setembro, após um período de sete meses paralisada, com o Catar, o país organizador da Copa do Mundo de 2022, tendo sido anunciado nesta quinta-feira como sede de todos os jogos da região oeste até as semifinais do torneio, que dá ao vencedor, uma vaga para o Mundial de Clubes.

A Confederação Asiática de Futebol (AFC, na sigla em inglês) disse que 16 equipes - incluindo quatro da Arábia Saudita e quatro dos Emirados Árabes Unidos, além de clubes de Iraque, Irã e Usbequistão e do próprio país-sede - irão para o Catar como sede centralizada para concluir a fase de grupos a partir de 14 de setembro.

As equipes que avançarem dos grupos permanecerão no Catar para a disputa do mata-mata, a partir das oitavas de final e até as semifinais, que será disputado em jogos únicos, até 3 de outubro. Serão, assim, um total de 39 jogos para definir o finalista da região oeste.

A AFC disse que possíveis países anfitriões da disputa no leste da Ásia, para a realização da outra parte da Liga dos Campeões, "tem até 24 de julho para enviar seu interesse". Os grupos da região leste da Ligas dos Campeões da Ásia incluem equipes da Austrália, China, Japão e Coreia do Sul.

Os jogos da principal competição de clubes da Ásia não são disputados desde fevereiro devido à pandemia de coronavírus - a fase de grupos foi paralisada na segunda das seis rodadas, sendo que alguns jogos dela acabaram não sendo realizados. A decisão da competição está prevista para 5 de dezembro.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolMundial de Clubes

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.