Geoffroy Van der HasseltAFP
Geoffroy Van der HasseltAFP

Liga dos Campeões: PSG x Real Madrid e Atlético de Madrid x Juventus duelam nesta quarta

Encerramento da primeira rodada da competição também terá Tottenham, Manchester City e Bayern de Munique em campo

Redação, O Estado de S.Paulo

18 de setembro de 2019 | 08h36

Em um confronto em que não poderá contar com o seu poderoso trio de ataque titular, pois Neymar está suspenso e Mbappé e Cavani foram vetados por motivo de lesão, o Paris Saint-Germain recebe o Real Madrid nesta quarta-feira, às 16 horas (de Brasília), no estádio Parque dos Príncipes, na estreia dos dois fortes times nesta edição da Liga dos Campeões.

Depois de fazer o seu primeiro jogo nesta temporada europeia no último sábado, quando marcou um golaço para garantir a vitória por 1 a 0 sobre o Strasbourg pelo Campeonato Francês, o atacante brasileiro não poderá atuar diante do rival madrilenho porque começará a cumprir uma suspensão que recebeu em abril. Na ocasião, ele foi sancionado pela Uefa com uma pena de três jogos em competições europeias por causa de insultos à arbitragem do jogo em que a sua equipe foi eliminada pelo Manchester United com uma derrota por 3 a 1, na capital francesa, nas oitavas de final da última Liga dos Campeões.

Lesionado, Neymar estava acompanhando o duelo das tribunas do Parque dos Príncipes e acabou sendo punido por ter se manifestado de forma furiosa em suas redes sociais. Nesta terça-feira, o atleta teve uma pequena vitória fora de campo ao ver a Corte Arbitral do Esporte (CAS, na sigla em inglês) atender parcialmente a um pedido do PSG e reduzir de três para duas partidas o gancho aplicado pela Uefa.

Com isso, o brasileiro poderá fazer a sua estreia nesta Liga dos Campeões no dia 22 de outubro, quando o clube francês visita o Brugge, na Bélgica, pela terceira rodada deste Grupo A da competição. Porém, ele ficará fora deste duelo diante do Real Madrid e de um confronto diante do Galatasaray, no próximo dia 1º, na Turquia.

Sem poder contar com o seu tridente ofensivo, o técnico Thomas Tuchel poderá escalar o argentino Icardi, recém-contratado junto à Inter de Milão, no ataque titular. Ele briga por posição com o camaronês Choupo-Moting em um trio de frente que também deverá ter o seu compatriota Di María e o espanhol Sarabia. "Nos faltam atacantes, todo mundo sabe, mas temos que encontrar soluções. Tenho confiança nos meus jogadores e estou convencido que teremos uma equipe forte em campo", disse o treinador alemão nesta terça.

Pelo lado do Real Madrid, o técnico Zinedine Zidane não se ilude com os desfalques do rival e também amarga baixas para o duelo. Uma delas é o lateral-esquerdo brasileiro Marcelo, com dores nas costas. Sergio Ramos, suspenso, Modric, Isco e Asensio também são outras ausências de peso para o confronto.

Sem estes cinco jogadores à disposição, o francês aposta no belga Hazard, maior contratação do Real para esta temporada, que fará o seu primeiro jogo pelo clube na Liga dos Campeões. "Eu sempre o considerei decisivo, que faz a diferença e ele já nos confirmou isso em pouco tempo no clube. Acho que será muito importante em Madri e seu futuro será formidável", disse o comandante nesta terça.

Sem Ramos e Marcelo, Zidane deve escalar o brasileiro Militão na zaga e Mendy na lateral esquerda. No ataque, Hazard formará um trio com Bale e Benzema, enquanto no meio-campo a novidade será o colombiano James Rodríguez, de volta ao clube após uma passagem fracassada de dois anos pelo Bayern de Munique, do qual ele retornou depois de ter sido cedido por empréstimo ao clube alemão. No outro duelo que abre nesta quarta este Grupo A, o Brugge encara o Galatasaray, às 13h55 (de Brasília), na Bélgica.

RONALDO REENCONTRA O ATLÉTICO

Em outro jogo de destaque desta quarta-feira pela primeira rodada da Liga dos Campeões, a Juventus enfrenta o Atlético de Madrid, também às 16h (de Brasília), no estádio Wanda Metropolitano, na capital espanhola, no confronto válido pelo Grupo D que marcará o reencontro de Cristiano Ronaldo com a equipe comandada por Diego Simeone.

Na edição passada da competição continental, o astro português foi o grande responsável pela eliminação do time madrilenho no confronto de volta das oitavas de final, em Turim, onde marcou três vezes para garantir a vitória por 3 a 0 sobre o rival. Na partida de ida, na Espanha, o Atlético ganhou por 2 a 0 e a comemoração efusiva do treinador argentino em um dos gols de sua equipe, que contou com um gesto obsceno, chegou a lhe render uma punição por parte da Uefa.

Ao se referir ao astro português nesta terça-feira, Simeone o qualificou como um "animal do gol". "É difícil preparar algo contra um jogador como ele. É um animal do gol, tem números que são tremendos e qualquer situação que possa ocorrer com ele perto da área gera perigo. Não é fácil controlá-lo. Tem um bom jogo aéreo, finalização, mudança de ritmo", enumerou o comandante em entrevista coletiva.

Por outro lado, o técnico da Juventus, Maurizio Sarri, também rasgou elogios ao adversário espanhol, citado por ele como "um dos times que podem pensar em ganhar a Liga dos Campeões". "Há cinco times que podem ser vistos como favoritos. O Atlético de Madrid perdeu um jogador incrível (Griezmann, contratado pelo Barcelona), mas chegou ao clube outro jogador igualmente muito bom (o português João Félix)", destacou.

No outro confronto válido pela primeira rodada deste Grupo D, o Bayer Leverkusen recebe o Lokomotiv Moscou nesta quarta-feira, também às 16 horas (de Brasília), na Alemanha.

BAYERN CONFIANTE

Outro gigante europeu que estreia nesta quarta na Liga dos Campeões é o Bayern de Munique, que está confiante de que fará uma campanha melhor do que a sua última na competição, na qual acabou sendo eliminado pelo Liverpool nas oitavas de final. O time alemão enfrentará o Estrela Vermelha, da Sérvia, às 16h (de Brasília), na Allianz Arena, em Munique, pelo Grupo B, que será aberto um pouco antes, às 13h55, com o duelo Olympiacos x Tottenham em Atenas, na Grécia.

"Tivemos o azar de termos sido derrotados por um time que acabou conquistando o título da Liga dos Campeões. Agora temos um novo ano, uma nova temporada, uma nova sorte. Queremos passar pela fase de grupos primeiro, mas depois estou convencido de que podemos ir mais longe do que na temporada passada", disse o treinador Niko Kovac, em entrevista coletiva nesta terça.

Quem também falou com a imprensa foi o goleiro Manuel Neuer, que garantiu estar em "boa forma" após amargar uma série de lesões nas últimas temporadas que atrapalharam a sua continuidade no time do Bayern e até chegaram a colocar em dúvida a sua presença na seleção alemã para a Copa do Mundo de 2018.

E o capitão do time alemão destacou que a equipe foi eliminada "muito cedo" na edição passada da Liga dos Campeões, que ele qualificou como uma "longa e pedregosa estrada". Porém, o goleiro está convicto de que o Bayern desta vez vai realizar uma boa campanha. "A motivação do time está alta. Nós queremos melhorar e ir mais longe do que na última temporada. Nós queremos pelo menos avançar às semifinais", projetou.

Pelo Grupo C, destaque para a estreia do Manchester City de Pep Guardiola, que encara o Shakhtar Donetsk, às 16h, na Ucrânia. No mesmo horário, o Dínamo Zagreb enfrenta a italiana Atalanta, na Croácia, no outro confronto que abre esta chave.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.