Divulgação/UCL
Divulgação/UCL

Sorteio das oitavas de final da Liga dos Campeões é cancelado após falha no procedimento

Segundo a Uefa, erro técnico em software que indica quais equipes podem se enfrentar causou o problema; novo processo será realizado às 11h (horário de Brasília)

Redação, Estadão Conteúdo

13 de dezembro de 2021 | 08h40
Atualizado 13 de dezembro de 2021 | 11h25

O sorteio das oitavas de final da Liga dos Campeões, que colocou Messi e Cristiano Ronaldo frente a frene no mata-mata do torneio após 10 anos, está cancelado. Segundo a Uefa, ocorreu uma falha com no software de um prestador de serviços externo que indica aos oficiais quais times estão elegíveis para jogarem entre si. Um novo sorteio ocorrerá às 11h (horário de Brasília)

As regras do sorteio impedem que equipes do mesmo país se enfrentem nas oitavas e também diz que não haverá duelos entre times que disputaram no mesmo grupo a fase de classificação. Em dado momento, o jogo entre Villareal x Manchester United, oriundos do Grupo F, foi sorteado. A bolinha do clube inglês foi descartada e o processo seguiu, causando um erro no procedimento. O equívoco foi reclamado pelo Atlético de Madrid, que tinha o Bayern de Munique pela frente.  

"Estamos em conversas com a Uefa para pedir explicações e uma solução após os erros cometidos no sorteio das oitavos de final da Liga dos Campeões", escreveu o time espanhol. Todos os confrontos foram então cancelados. Fazia tempo que isso não ocorria com a Liga dos Campeões. 

Antes de o erro ser atestado, um jogo chamou a atenção. Fazia mais de dez anos que Messi e Cristiano Ronaldo não duelavam em uma fase mata-mata da Liga dos Campeões. O último encontro entre ambos havia sido nas semifinais da temporada 2010-2011, quando o Barcelona, de Messi, eliminou o Real Madrid, de CR7. Na época, obviamente, o craque argentino defendia as cores do clube catalão e ambos estavam no auge. Cristiano Ronaldo já era craque dos merengues.

Este seria o primeiro duelo eliminatório de Messi pelo clube francês desde sua contratação, em agosto deste ano. Em um passado recente, mais precisamente na temporada 2018-2019, Neymar e Mbappé, outros astros do Paris Saint-Germain, foram eliminados nesta mesma etapa pelo Manchester United. O clube de Paris venceu na Inglaterra por 2 a 0, mas foi derrotado por 3 a 1, em Paris, com um gol de pênalti nos acréscimos, em um jogo em que o brasileiro foi suspenso depois por três partidas por conta de insultos aos árbitros.

O confronto entre CR7 e Messi estava movimentando as redes sociais, mas agora ele pode não existir mais. O novo sorteio deverá mudar todos os jogos então relacionados na manhã desta segunda-feira. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.