Reprodução site do CF Reus
Reprodução site do CF Reus

Liga Espanhola expulsa time da 2ª divisão por não pagar salários dos jogadores

CF Reus ainda foi multado em 250 mil euros (R$ 1,07 milhão) pelo episódio

Redação, Estadão Conteúdo

28 de janeiro de 2019 | 16h10

A Liga Espanhola de Futebol, que organiza os campeonatos na Espanha, anunciou nesta segunda-feira a expulsão por três temporadas da equipe do CF Reus, que joga a segunda divisão nacional, pelo não pagamento de salários aos seus jogadores, além de impor uma multa de 250 mil euros (R$ 1,07 milhão).

A inadimplência nos últimos meses fez com que vários jogadores deixassem o clube, que ficou com apenas quatro profissionais. Os atletas agora estão livres para assinar pela equipe que eventualmente desejar contratá-los.

Russell Platt e Clifton Onolfo, dois investidores norte-americanos, anunciaram há uma semana a compra de 99,7% das ações do clube, que possui uma dívida de 5 milhões de euros (R$ 21,5 milhões).

Fundado em 1909, o Reus é o 20.º colocado na segunda divisão espanhola, que conta com 22 equipes. O time soma cinco vitórias, seis empates e 10 derrotas, com 21 pontos ganhos. O time tem 15 dias para apelar perante o Tribunal Administrativo de Deporte (TAD, na sigla em espanhol).

COPA DO REI 

O estádio Benito Villamarín, do Betis, em Sevilha, com capacidade para 61 mil torcedores, vai ser o local da final da edição desta temporada da Copa do Rei, que será no dia 25 de maio, superando a disputa com o estádio Mestalla, do Valencia.

O Betis está nas quartas de final e empatou o primeiro jogo contra o Espanyol. O duelo de volta está marcado para esta quarta-feira, em Sevilha. Outros confrontos são: Valência x Getafe (primeiro jogo: 0 x 1), Barcelona x Sevilla (0 x 2) e Girona x Real Madrid (2 x 4).

 

 

Tudo o que sabemos sobre:
futebolEspanha [Europa]

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.