Albert Gea/ Reuters
Albert Gea/ Reuters

Liga espanhola vai processar jovem que invadiu o campo em jogo do Barcelona

A partida foi disputada sem torcedores, mas um homem superou a segurança e tirou uma foto de si mesmo perto de Jordi Alba

Redação, Estadao Conteudo

14 de junho de 2020 | 16h26

A LaLiga, responsável pelo Campeonato Espanhol, comunicou neste domingo que vai registrar acusações criminais contra o torcedor que entrou em campo durante a partida do Barcelona contra o Mallorca, neste sábado, pela 28ª rodada do torneio, a primeira após a paralisação em razão da pandemia do coronavírus.

A partida no Estádio Iberostar, em Palma de Maiorca, foi disputada sem torcedores, mas um jovem vestindo uma camisa da Argentina, com o nome de Lionel Messi, superou a segurança e tirou uma foto de si mesmo alguns metros perto do lateral-esquerdo Jordi Alba, do Barcelona.

A liga espanhola afirmou que o torcedor, que não usava máscara no momento em que invadiu o gramado no início do segundo tempo, desobedeceu às ordens dos profissionais da segurança do estádio e violou as medidas restritivas em vigor por causa da pandemia de covid-19. Além disso, ressaltou que o gesto do fã "constitui um crime" e essas ações "comprometem a saúde de todos e a integridade da competição".

O torcedor entrou pelo lado da meta defendida pelo goleiro Ter Stegen, no início do segundo tempo, quando o Barcelona já vencia por 2 a 0 - o duelo terminou 4 a 0. Aparentemente tranquilo, o invasor não resistiu à ação dos quatro seguranças destacados para o retirarem de campo. Segundo disse à imprensa espanhol, seu objetivo era tirar uma foto com Messi.

O jovem contou que foi libertado pela polícia depois que passou seus dados e o fizeram assinar um documento. Ele disse que foi obrigado a excluir a foto tirada com Alba. Segundo a imprensa espanhola, o rapaz é francês, mas vive em Maiorca.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.