Francois Lo Presti/AFP
Francois Lo Presti/AFP

Lille marca no fim, evita derrota e garante vice-liderança do Francês

Para assegurar pelo menos um ponto neste domingo, equipe contou com gol de pênalti de Pepe aos 50 minutos da segunda etapa

Estadão Conteúdo

09 de dezembro de 2018 | 17h14

Um gol marcado aos 50 minutos do segundo tempo evitou a derrota do anfitrião Lille para o Reims, neste domingo, e garantiu a equipe da casa na vice-liderança do Campeonato Francês. Nicolas Pepe marcou o gol salvador do Lille no empate por 1 a 1, pela sequência da fragmentada 17ª rodada, afetada por seis jogos adiados.

O resultado deixou o Lille na segunda colocação da tabela, embora distante do líder Paris Saint-Germain, cujo jogo foi um dos adiados da rodada. O segundo colocado soma agora 31 pontos, contra 44 da equipe de Neymar. Já o Reims é o 11º, com 22 pontos, distante da zona de classificação aos torneios europeus.

Para assegurar ao menos um ponto neste domingo, o Lille precisou sofrer até os instantes finais da partida. O gol saiu somente nos acréscimos, em uma cobrança de pênalti. Pepe converteu a finalização aos 50 minutos, anotando seu 11º gol na temporada.

Mais cedo, o Reims havia inaugurado o marcador aos 19 minutos, com gol Thomas Foket. Mas os visitantes não conseguiram sustentar a vantagem até o apito final.

Ainda neste domingo, Strasbourg e Caen empataram por 2 a 2, na casa do primeiro. Pablo Martinez e Lebo Mothiba marcaram os gols dos anfitriões, enquanto Faycal Fajr e Saif-Eddine Khaoui balançaram as redes para os visitantes. O Strasbourg é o 8º, com 23. O Caen tem 14 e está ameaçado pelo rebaixamento.

Esta rodada do Francês está marcada pelos jogos adiados. Foram seis no total, sendo que quatro estavam agendados para sábado, incluindo a partida entre o Paris Saint-Germain e o Montpellier. Angers x Bordeaux, Nîmes x Nantes e Toulouse x Lyon são os outros jogos que seriam disputados no sábado.

Estes quatro confrontos ainda não têm data marcada para acontecer. Já os duelos entre Monaco e Nice e entre Saint-Étienne e Olympique de Marselha foram remarcados para o dia 16 de janeiro.

O adiamento dos jogos é uma medida preventiva das autoridades por causa dos vários incidentes que ocorreram nos últimos três finais de semana em Paris durante manifestações do movimento "coletes amarelos" - também estão ocorrendo agora em outras cidades.

Esses protestos foram uma consequência do aumento nos impostos sobre os combustíveis, em medida do governo francês que gerou muita revolta. E, após os três protestos que aconteceram nos três últimos sábados, foi feita uma convocação para uma "quarta jornada de mobilizações" para este final de semana.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.