Liminar tira Elder Granja do jogo entre Palmeiras e Goiás

Decisão tomada pelo Tribunal Regional do Trabalho de Alagoas impede atleta de jogar pelo clube paulista

Redação,

18 de julho de 2008 | 18h43

O Palmeiras não poderá contar com o lateral-direito Elder Granja para a partida do próximo domingo contra o Goiás, válida pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. Uma liminar emitida nesta sexta-feira pelo Tribunal Regional do Trabalho de Alagoas impede o atleta de continuar jogando pela equipe paulista.Elder deixou o Corinthians de Alagoas em 2001 e até hoje a equipe de Maceió reclama que não recebeu todo o valor referente à multa rescisória. Com esta nova decisão da Justiça alagoana, o nome do jogador terá que ser retirado do Boletim Informativo Diário (BID) da Confederação Brasileira de Futebol (CBF)."Infelizmente a CBF vai acatar esta liminar", afirmou o gerente de futebol do Palmeiras, Toninho Cecílio, em entrevista à Rádio Globo. Elder Granja deixou o treinamento desta sexta cabisbaixo e não deve nem viajar com o grupo para Goiânia."Nosso jurídico vai atuar de forma agressiva a partir de segunda-feira para que o atleta tenha condições de jogo o quanto antes. Esta é uma situação não desejada, mas nós não temos envolvimento nenhum no que aconteceu na carreira do jogador antes de ele chegar aqui", disse Toninho.Com a ausência de Elder Granja, o técnico Vanderlei Luxemburgo deve entrar com Fabinho Capixaba no confronto no Serra Dourada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.