Lincom é suspenso por 10 jogos e desfalca o Bragantino

O Bragantino recebeu uma péssima notícia na noite desta segunda-feira. O atacante Lincom foi suspenso por dez partidas pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) e só ficará à disposição do técnico Vágner Benazzi nas últimas rodadas da Série B do Campeonato Brasileiro.

AE, Agência Estado

17 de setembro de 2012 | 20h33

Vice-artilheiro do time na competição, com quatro gols, um a menos que Fernando Gabriel, o atacante foi julgado pela expulsão na derrota para o Boa, por 3 a 0, na última rodada do primeiro turno. Lincom recebeu o cartão vermelho por ter acertado Carciano com um soco fora da disputa de bola e antes de sair do gramado também agrediu Neylor na boca.

Lincom acabou sendo julgado duplamente no artigo 254-A, inciso I - praticar agressão física, desferir dolosamente soco, de forma contundente ou assumindo o risco de causar dano ou lesão ao atingido. A pena máxima era de 12 jogos, mas o atacante foi suspenso por dez. O Bragantino ainda deve entrar com recurso nos próximos dias. E espera uma sensível redução da pena, considerada pesada.

O jogador, porém, não poderá ser utilizado nesta terça-feira, contra o América-MG, às 21 horas, no Estádio Nabi Abi Chedid, pela 26.ª rodada da Série B. O Bragantino está na 18.ª colocação, com 18 pontos, dez a menos que o CRB, primeiro time fora da zona de rebaixamento.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBragantinoSérie B

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.