Reprodução/Inter TV
Reprodução/Inter TV

Lindoso celebra semana livre no Inter: 'Mais coragem para fazer o que treinamos'

Equipe gaúcha enfrenta o Corinthians neste domingo, às 18h, em Itaquera

Redação, Estadão Conteúdo

15 de novembro de 2019 | 17h39

O volante Rodrigo Lindoso ressaltou nesta sexta-feira a importância de o Internacional ter a semana livre para treinamentos visando o jogo contra o Corinthians, em confronto direto no Campeonato Brasileiro na briga por uma vaga na Copa Libertadores, neste domingo, às 18 horas, na Arena em Itaquera.

A partida é válida pela 33.ª rodada e envolve duas equipes que estão rigorosamente empatadas na pontuação: 49 a 49, com o time gaúcho ficando em sétimo lugar e os paulistas em oitavo devido ao número de vitórias - 14 a 12. Ambos ainda sonham com uma vaga na competição continental no ano que vem.

"Pena que são poucas (semanas livres). Muitas vezes ficamos só à base de vídeo, e isso acaba dificultando. Assim, na hora do jogo, a gente acaba optando pela estratégia mais segura. Mas, sem dúvida, quando é cheia você pode repetir aquele treinamento mais de uma vez, o que vai dando um pouco mais coragem para fazer (o que se treinou) durante o jogo", explica o atleta da equipe gaúcha.

Em entrevista coletiva concedida no CT do Parque Gigante nesta sexta-feira, após o treino da equipe, Lindoso também foi perguntado sobre a importância de ter o atacante Guerrero disponível para a partida. Com o cancelamento de amistoso da seleção peruana contra o Chile, que seria realizado nesta sexta-feira nos Estados Unidos, o centroavante peruano viajará diretamente para São Paulo, onde desembarcará no domingo pela manhã.

"Quanto mais jogadores à disposição para ajudar, melhor, mas é uma viagem longa. Então é difícil dizer o que vai acontecer, qual a reação do corpo dele, e não sei o que o Zé (Ricardo) está pensando em relação a isso. Mas temos que prosseguir a preparação sem o Guerrero e esperar pelo domingo. Se ele não jogar, tem o (Rafael) Sobis naquela posição, que tem a mesma capacidade para nos ajudar", respondeu Lindoso.

De olho na partida deste domingo, o técnico Zé Ricardo comandou a penúltima atividade antes da viagem a São Paulo. Com portões fechados para a imprensa, o treinador não deu pistas sobre a equipe que colocará em campo, mas, sem desfalques, a única dúvida está mesmo entre a escalação de Sobis e Guerrero, o que deve ser definido após uma avaliação da condição do peruano pelo departamento médico.

Assim, a provável formação do Inter para o duelo contra o Corinthians deve ser: Marcelo Lomba; Heitor, Rodrigo Moledo, Víctor Cuesta e Uendel; Lindoso, Edenilson, Patrick e D'Alessandro; William Pottker e Rafael Sobis (Guerrero).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.