Linense supera o Bragantino no jogo dos desesperados e respira

Vitória deixa Linense com nove pontos, em 4º lugar no Grupo C

Estadão Conteúdo

14 Março 2015 | 20h45

Com um gramado castigado pela chuva e que piorou a qualidade técnica do jogo, o Linense levou a melhor em cima do Bragantino, vencendo por 1 a 0, em um duelo entre dois times desesperados, disputado na noite deste sábado, no Estádio Gilbertão, em Lins. Isso porque os dois times continuam na luta contra o rebaixamento no Campeonato Paulista. Desta forma, a equipe de Lins ainda conseguiu marcar com um triunfo a estreia do técnico Narciso, contratado para o lugar de Luciano Quadros.

A vitória, apertada, deixou o Linense com nove pontos, em quarto lugar no Grupo C e fora da zona de descenso, em 15º lugar. O time vinha de quatro derrotas seguidas. O Bragantino continua na lanterna do Grupo D, com apenas seis pontos, e na penúltima posição geral, só na frente do Marília, com dois.

As fortes chuvas que caíram na cidade de Lins durante a semana prejudicaram as condições do gramado do Gilbertão. Por isso mesmo, ficou mais fácil para o Bragantino impor a sua disposição de se defender e "jogar por uma bola". Mesmo assim, o Linense mostrou mais disposição e criou chances no ataque.

Mas quando o time da casa não esbarrou no goleiro Gilson, que aos seis minutos defendeu chute forte de Memo. Nos minutos finais, mais chances. Aos 41 minutos, Nando deu o passe para Willian Potteker, que bateu de esquerda e Gilson espalmou. Depois, aos 44 minutos, outras duas chances do time da casa. Uma com Potteker e outra com Gilsinho, mas ambas chutadas para fora.

MAIS FORTE

No segundo tempo o Linense voltou mais adiantado e sempre buscou o gol. Pouco criou, mas abriu o placar aos 23 minutos com Willian Potteker. Ele recebeu o passe perfeito em diagonal de Serginho e bateu cruzado fora do alcance do goleiro Gilson. Este foi o quinto gol do artilheiro do time na competição.

Sem outra alternativa, Márcio Araújo promoveu duas mudanças aos 30 minutos, com objetivo de buscar, pelo menos, o empate. Entraram Muralha e Igor nos lugares respectivamente de Diego Macedo e Caio. Apesar da tentativa, nada mudou e o time de Bragança Paulista acumulou a sua oitava derrota, a quinta fora de casa.

Pela 11.ª rodada, o Linense vai jogar no dia 22, contra o Ituano, em Itu, enquanto o Bragantino vai receber a Ponte Preta. Os dois jogos começam às 17 horas.

FICHA TÉCNICA

LINENSE 1 X 0 BRAGANTINO

LINENSE - Anderson; Bruno Moura, Álvaro, Adalberto e Igor; Moisés (Bruno Tiago), Memo e Gilsinho; William Pottker, Diego (Serginho) e Nando. Técnico - Narciso.

BRAGANTINO - Gilson; Diego Macedo (Muralha), Ferreira, Thiago Martinelli e Thiago Feltri (Pará); Uchôa, Adilson Goiano, Léo Gago e Caio (Igor); Erick e Diego Maurício. Técnico - Márcio Araújo.

GOL - Willian Potteker, aos 23 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Philippe Lombard.

CARTÕES AMARELOS - Erick e Ferreira (Bragantino).

RENDA - R$ 14.045,00.

PÚBLICO - 2.055 pagantes.

LOCAL - Estádio Gilbertão, em Lins.

Mais conteúdo sobre:
futebol Paulistão Linense Bragantino

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.