Lippi será presidente da Juve após copa, diz jornal italiano

O atual técnico da seleção italiana, Marcello Lippi, poderá deixar a Azzurra após a Copa do Mundo para se tornar dirigente, informa hoje o jornal "Tuttosport".

EFE,

09 de fevereiro de 2010 | 14h45

De acordo com a publicação, Lippi será o novo presidente da Juventus, clube que prepara uma grande mudança em sua administração por causa dos maus resultados obtidos na atual temporada no Campeonato Italiano e na Liga dos Campeões da Europa, da qual foi eliminado na fase de grupos.

O treinador substituiria Jean-Claude Blanc, que continuaria sendo o executivo-chefe do clube, com base na boa gestão econômica que realizou como presidente desde 2006.

O jornal explica também que Lippi, que já trabalhou na Juve como técnico, não quis ainda fazer declarações sobre a possibilidade de assumir a presidência da Juventus.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.