Lista de Pelé tem Riva e Nilton Santos

A lista elaborada por Pelé com os 125 melhores jogadores vivos do mundo que vão integrar o livro Hundred, em comemoração ao centenário da Fifa, foi divulgada oficialmente nesta quinta-feira pela entidade e é diferente da que chegou à impresa na véspera. Ao contrário do que havia sido divulgado no Brasil, da lista elaborada por Pelé a partir de uma relação de 200 nomes escolhidos pela Fifa, constam os nomes do ex-lateral Nilton Santos e do ex-meia Rivellino.A lista tem 15 nomes de jogadores brasileiros vivos, e não 13, como chegou a ser noticiado. Com isso, o Brasil é o país com o maior número de atletas listados. Em seguida, aparecem França e Itália, com 14 nomes cada. A Holanda aparece em quarto com 13; a Argentina tem 10 e a Inglaterra 7. A apresentação da lista dos maiores jogadores vivos da história faz parte do primeiro grande evento nas comemorações do centenário da Fifa. Foi feita nesta quinta-feira no Museu de História Natural de Londres. As ausências dos nomes de Rivelino e de Nilton Santos na relação divulgada ontem pelo jornal Folha de São Paulo, e a informação de que havia na lista mais italianos e franceses do que brasileiros, provocaram muita polêmica e um enorme mal estar entre dirigentes, técnicos e ex-jogadores. ?Como pode uma seleção tricampeã do mundo ter apenas um jogador relacionado (Carlos Alberto Torres)??, reclamou Zagallo. ?O Brasil, como pentacampeão, tinha de ter muito mais jogadores que os outros países?, acrescentou o coordenador técnico da Seleção. Veja a lista oficial dos melhores jogadores do mundo, na avaliação de Pelé, a partir de uma lista de 200 elaborada pela Fifa Argentina Alfredo Di Stefano Daniel Passarella Diego Maradona Gabriel Batistuta Hernan Crespo Javier Saviola Javier Zanetti Juan Sebastian Veron Mario Kempes Omar Sivori Bélgica Franky van der Elst Jean-Marie Pfaff Jan Cuelemens BRASIL Cafu Carlos Alberto Djalma Santos Falcão Nilton Santos Junior Pelé Rivaldo Rivelino Roberto Carlos Romário Ronaldinho Ronaldo Sócrates Zico Bulgária Hristo Stoichkov Camarões Roger Milla Chile Elias Figueroa Ivan Zamorano Colômbia Carlos Valderrama Coréia do Sul Hong Myung-BoCroácia Davor Suker DinamarcaBrian Laudrup Michael Laudrup Peter Schmeichal Escócia Kenny DalglishEspanha Emilio Butragueno Luis Enrique RaulInglaterra Alan Shearer Bobby Charlton David Beckham Gary Linekar Gordon Banks Kevin Keegan Michael Owen França David Trezeguet Didier Deschamps Eric Cantona Jean-Pierre Papin Just Fontaine Lilian Thuram Marcel Desailly Marius Tresor Michel Platini Patrick Vieira Raymond Kopa Robert Pires Thierry Henry Zinedine Zidane Alemanha Franz Beckenbauer Gerd Mueller Jurgen Klinsmann Karl-Heinz Rummenigge Lothar Matthaus Michael Ballack Oliver Kahn Paul Breitner Sepp Maier Uwe Seeler Gana Abedi Pele Hungria Ferenc Puskas Irlanda Roy KeaneItália Alessandro Del Piero Alessandro Nesta Christian Vieri Dino Zoff Francesco Totti Franco Baresi Giampiero Boniperti Giacinto Fachetti Gianluca Buffon Gianni Rivera Giuseppe Bergomi Paolo Rossi Paolo Maldini Roberto Baggio Japão Hidetoshi Nakata Libéria George Weah México Hugo Sanchez Holanda Clarence Seedorff Dennis Bergkamp Edgar Davids Frank Rijkaard Johan Neeskens Johan Cruyff Marco Van Basten Patrick Kluivert Rene van de Kerkhof Rob Rensenbrink Ruud Gullit Ruud van Nistelrooy Willie van de Kerkhof Nigéria Jay-Jay Okocha Irlanda do Norte George Best Paraguai Romerito Peru Teofilo Cubillas Polônia Zbigniew Boniek Portugal Eusebio Luis Figo Rui Costa República Checa Josef Masopust Pavel NedvedRomênia Gheorghe Hagi Rússia Rinat DisayevSenegal El Hadji Diouf Turquia Emre Belozoglu Rustu RecberUcrânia Andriy Shevchenko Uruguai Enzo Francescoli Estados Unidos (Mulheres) Michelle Akers Mia Hamm

Agencia Estado,

04 de março de 2004 | 11h35

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.