Ciro de Luca/Reuters
Ciro de Luca/Reuters

Lista dos 22 brasileiros mais valorizados na Europa ultrapassa R$ 5 bilhões

Dentre os atletas do País mais caros do futebol europeu, 12 disputaram a Copa do Mundo da Rússia

O Estado de S.Paulo

10 Outubro 2018 | 15h24

A possível saída de Lucas Paquetá do Flamengo para o Milan só reforça como o Brasil é visto no mercado internacional como exportador de matéria prima. Tirando exceções que já saem com preço final como Vinicius Junior e Rodrygo, vendidos cada um por 45 milhões de euros (R$ 193 milhões) ao Real Madrid, a maioria dos brasileiros acaba ganhando valorização e projeção apenas ao chegarem na Europa. Em levantamento feito pelo Estado, usando como base o site Transfermarkt, especializado em valores no mercado do futebol, os 22 atletas do País mais caros no Velho Continente somam mais de 1,2 bilhão de euros (R$ 5,3 Bilhões).

 

A lista é liderada por Neymar. O astro do Paris Saint-Germain, artilheiro do Campeonato Francês com 8 gols, ao lado de Kylian Mbappé, tem o passe avaliado em 180 milhões de euros (R$ 775 milhões). A segunda posição é do meia Philippe Coutinho, do Barcelona, com preço de 120 milhões de euros (R$ 517 milhões). O pódio é fechado em um empate. Rivais na Copa do Mundo por uma vaga no ataque da seleção brasileira de Tite, Roberto Firmino (Liverpool) e Gabriel Jesus (Manchester City) valem 80 milhões de euros (R$ 344 milhões).

Dentre os jogadores brasileiros mais caros do futebol europeu, 12 disputaram a Copa do Mundo da Rússia enquanto outros começam a ganhar projeção. São os casos de Malcom e Arthur, a dupla com preço de 45 milhões (R$ 193 milhões) e 30 milhões (R$ 129 milhões) de euros, respectivamente, chegou no Barcelona nesta temporada e ainda busca por espaço.

Também chama a atenção na lista o meio-campista Allan, do Napoli. Com valor de 33 milhões de euros (R$ 142 milhões), o jogador é um dos destaques do Campeonato Italiano há pelo menos quatro temporadas e nunca teve chance na equipe principal do Brasil.  Em levantamento divulgado pela Fifa em janeiro deste ano, o Brasil liderou o ranking de transferências internacionais. Foram 821 jogadores exportados e 748 que retornaram ao País em 2017. Na América do Sul, por exemplo, o Brasil exportou quase o dobro de jogadores que o segundo colocado, a Argentina com 486 casos. 

Lista dos brasileiros mais caros do futebol europeu

Neymar - 180 milhões de euros (R$ 775 milhões)

Philippe Coutinho - 120 milhões de euros (R$ 517 milhões)

Roberto Firmino - 80 milhões de euros (R$ 344 milhões)

Gabriel Jesus - 80 milhões de euros (R$ 344 milhões)

Alisson - 60 milhões de euros (R$ 258 milhões)

Marcelo - 60 milhões de euros (R$ 258 milhões)

Casemiro - 60 milhões de euros (R$ 258 milhões)

Douglas Costa - 55 milhões de euros (R$ 237 milhões)

Marquinhos - 55 milhões de euros (R$ 237 milhões)

Fred - 50 milhões de euros (R$ 215 milhões)

Willian - 50 milhões de euros (R$ 215 milhões)

Ederson - 50 milhões de euros (R$ 215 milhões)

Malcom - 45 milhões de euros (R$ 193 milhões)

Alex Sandro - 45 milhões de euros (R$ 193 milhões)

Fabinho - 45 milhões de euros (R$ 193 milhões)

Vinícius Júnior - 35 milhões de euros (R$ 150 milhões)

Allan - 33 milhões de euros (R$ 142 milhões)

Arthur - 30 milhões de euros (R$ 129 milhões)

David Luiz - 25 milhões de euros (R$ 107 milhões)

Paulinho - 25 milhões de euros (R$ 107 milhões)

Alex Telles - 25 milhões de euros (R$ 107 milhões)

David Neres - 25 milhões de euros (R$ 107 milhões)

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.