Carl Recine/ Reuters
Carl Recine/ Reuters

Liverpool aceita ouvir propostas por Coutinho a partir de R$ 552 milhões

Jogador desperta o interesse do Barcelona, independentemente da situação de Neymar

O Estado de S.Paulo

27 de julho de 2017 | 11h06

O técnico Jurgen Klopp já avisou aos interessados por Philippe Coutinho que o meia não está à venda. Mas o Liverpool parece estar disposto a negociar seu principal jogador por uma quantia a partir de 150 milhões de euros (R$ 552,1 milhões). Segundo informações do jornal Sport, o brasileiro é um dos principais alvos do Barcelona nesta janela de transferências.

Ainda segundo a publicação, os rumores sobre uma possível mudança de ares de Coutinho aumentaram depois do estafe do jogador ser visto negociando com o clube espanhol e ter recebido um sinal positivo do jogador para dar andamento no negócio.

Na Espanha, a possível chegada do jogador do Liverpool não é vista como uma peça de reposição a Neymar, que pode rumar para o Paris Saint-Germain. O meia chegaria para reforçar ainda mais o time depois do fracasso na última temporada, quando o Barcelona conquistou apenas a Copa do Rei na última temporada.

Com contrato até 2022 e sem multa rescisória definida, Coutinho é visto por Klopp como peça fundamental para o clube inglês: "Não somos um clube que vende e é assim que é. Nós acreditamos em trabalharmos juntos e nos desenvolvermos juntos. Temos que criar uma situação aonde todos poderão claramente ver a direção que queremos ir. É muito positivo. Este é um clube fantástico e é um bom momento para o Liverpool."

Contratado em 2013, Coutinho já fez 181 jogos e marcou 42 gols em sua passagem pela Inglaterra. Além do bom momento no time, ele é um dos principais nomes da renovada seleção brasileira comandada por Tite e que lidera as Eliminatórias Sul-Americana para a Copa do Mundo. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.