Liverpool admite dificuldade para competir com rivais

O proprietário John Henry reconheceu nesta quinta-feira que o Liverpool ainda tem problemas financeiros para se tornar competitivo em relação aos principais rivais do futebol inglês. O empresário avaliou que a situação se deve aos problemas financeiros herdados dos norte-americanos Tom Hicks e George Gillett Jr, antigos proprietários do clube.

AE-AP, Agência Estado

16 de agosto de 2012 | 11h34

"Quando você olha para a rivalidade entre Liverpool e Manchester United, o Liverpool não está segurando o seu lado", disse, em entrevista ao Liverpool Echo. "Olhando de volta para o dia em que compramos o Liverpool, tínhamos uma falta de profundidade no elenco e algumas folhas de pagamento elevadas", completou.

O Liverpool passará a sua terceira temporada seguida sem participar da lucrativa Liga dos Campeões da Europa, mas a empresa Fenway Sports Group, de Henry, teve ganhos financeiros fora de campo desde que assumiu o controle do Liverpool em outubro de 2010.

A Warrior, fornecedora de material esportiva norte-americana, assinou um contrato de seis anos para produzir a camisa do Liverpool, que receberá 25 milhões de libras por temporada pelo acordo.

A declaração das dificuldades enfrentadas pelo Liverpool acontece um dia após o Manchester United superar forte concorrência para contratar o atacante holandês Van Persie, do Arsenal. Sem ser campeão nacional desde a temporada 1989/1990, o clube perdeu a condição de maior vencedor do Campeonato Inglês na temporada 2010/2011, quando o Manchester United faturou o seu 19º título. Na última edição do torneio, o Liverpool ficou apenas em oitavo lugar.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolLiverpoolJohn Henry

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.