Liverpool bate Chelsea fora de casa na estreia de Fernando Torres

A quarta vitória consecutiva no Inglês consolida a reação, garantindo a 6.ª posição, com 38 pontos

AE, Agência Estado

06 de fevereiro de 2011 | 16h17

LONDRES - Em recuperação no Campeonato Inglês, o Liverpool estragou a festa do Chelsea neste domingo ao vencer na casa do rival por 1 a 0, na estreia do atacante Fernando Torres, seu ex-jogador. O time de Londres também contou o zagueiro brasileiro David Luiz, que fez sua primeira partida na competição.

A vitória, a quarta consecutiva no Inglês, consolida a reação do Liverpool na temporada. O time chega aos 38 pontos, na sexta colocação, mais próximo dos primeiros colocados da tabela. O Manchester United ocupa a primeira posição, com 54. O Chelsea é o quarto colocado, com 44.

Em clima de festa no Stamford Bridge, o Chelsea foi a campo com uma formação mais ofensiva. Torres começou como titular ao lado de Didier Drogba e Nicolas Anelka. O ataque anfitrião, contudo, teve dificuldade para penetrar na defesa rival. O Liverpool mostrava força na marcação e não dava espaço para o Chelsea ameaçar o gol de Reina.

Torres chegou a ter duas boas chances de gol antes dos visitantes levarem perigo, em finalização de Maxi Rodriguez no travessão. No segundo tempo, o Chelsea passou a pressionar a zaga adversária, mas foi o Liverpool quem marcou.

Aos 23 minutos, Gerrard avançou pela direita e cruzou na área. Após vacilo do goleiro Cech e do zagueiro Ivanovic, o português Raúl Meireles aproveitou a sobra e mandou para as redes. Depois do gol, o técnico Carlo Ancelotti colocou David Luiz em campo, enquanto o Liverpool contou com o brasileiro Fábio Aurélio nos minutos finais da partida. Os visitantes mantiveram a solidez na defesa e asseguraram a vitória.

Mais cedo, neste domingo, o Birmingham derrotou o West Ham por 1 a 0, na casa do rival, e escapou da zona de rebaixamento, agora com 27 pontos. Com o revés, o West Ham foi superado na tabela pelo Wolverhampton e caiu para a lanterna, com apenas 24.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.