Carl Recine/Reuters
Carl Recine/Reuters

Liverpool confirma lesão no tornozelo e Fabinho não jogará o Mundial de Clubes

Brasileiro sofreu uma lesão no ligamento do tornozelo esquerdo no duelo contra o Napoli, pela Liga dos Campeões

Redação, Estadão Conteúdo

29 de novembro de 2019 | 11h22

O volante Fabinho, do Liverpool, está fora da disputa do Mundial de Clubes da Fifa, que acontecerá em dezembro, no Catar. Nesta sexta-feira, o time inglês anunciou que o brasileiro sofreu uma lesão no ligamento do tornozelo esquerdo no duelo contra o Napoli, na última quarta, pela Liga dos Campeões da Europa, e ficará fora de ação pelo menos até o final deste ano.

"Nós podemos confirmar que Fabinho sofreu uma lesão no ligamento do tornozelo durante nosso encontro com o Napoli", disse o Liverpool em suas redes sociais nesta sexta-feira.

A confirmação da contusão aconteceu depois da realização de exames mais detalhados. Fabinho se tornou uma grande preocupação para a torcida do Liverpool ao precisar ser substituído aos 18 minutos de jogo contra o Napoli, após uma dividida com o atacante mexicano Lozano. O brasileiro ainda passou a quinta sob observação antes da constatação da lesão no ligamento do tornozelo.

Segundo o comunicado do Liverpool, Fabinho deverá voltar a jogar no último jogo de 2019, no dia 29 de dezembro contra o Wolverhampton, ou no primeiro de 2020, em 2 de janeiro contra o Sheffield United, ambos pelo Campeonato Inglês. Sua ausência acontecerá em pelo menos 10 partidas: seis pelo Campeonato Inglês, uma pela Liga dos Campeões, uma pela Copa da Liga Inglesa e duas pelo Mundial de Clubes.

Fabinho é titular absoluto da equipe comandada pelo técnico alemão Jurgen Klopp. O time terá uma maratona de jogos em dezembro e chegará inclusive a jogar duas vezes em um período de apenas 24 horas, o que levará ao ponto de o elenco ter de ser dividido. No dia 17 enfrenta o Aston Villa, pelas quartas de final da Copa da Liga Inglesa. No dia seguinte, com adversário ainda a definir, estreia no Mundial de Clubes, na semifinal da competição - contra o vencedor do confronto entre Monterrey, do México, e quem levar a melhor entre Al Sadd (Catar) e Hienghène Sports (Nova Caledônia).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.