Liverpool derrota Arsenal em Londres e quebra tabu

O Liverpool contou com o mau momento do Arsenal para vencer neste sábado o primeiro clássico do Campeonato Inglês. Com o placar de 2 a 0, encerrou o tabu de nunca ter superado o rival no Emirates Stadium, em Londres.

AE, Agência Estado

20 de agosto de 2011 | 11h11

Com sua primeira vitória na competição, o Liverpool deixou o Arsenal em situação ainda mais complicada. Depois de seguidas decepções nas últimas temporadas, o time londrino tenta reconquistar a confiança da torcida ao mesmo tempo em que busca se reestruturar após a saída de Fabregas, negociado com o Barcelona. Nasri, outro jogador fundamental da equipe, pode se transferir para o Manchester City.

O clube também sofre com os questionamentos da torcida em relação ao técnico Arsène Wenger, que completou a marca de 850 jogos à frente do time neste sábado. Nesta situação delicada, o Arsenal terá dois desafios pela frente na próxima semana. Na quarta, enfrentará a Udinese pela fase preliminar da Liga dos Campeões. E, no final de semana, fará o clássico com o Manchester United.

Arsenal e Liverpool fizeram um primeiro tempo equilibrado neste sábado. Os visitantes foram ligeiramente superiores, com boas investidas de Carrol e Kuyt. Nasri liderou o ataque dos anfitriões.

Mas o jogo só ganhou em movimentação no segundo tempo, com as entradas de Meirelles e Suárez. Eles definiram a vitória do Liverpool. Os dois iniciaram a jogada que culminou no gol contra de Ramsey, após trapalhada do jovem Miquel.

Com um a menos, por conta da expulsão de Frimpong, o Arsenal abdicou de atacar e passou a levar cada vez mais perigo na defesa. Aos 44 minutos, o brasileiro Lucas avançou pelo meio e acionou Meirelles, que investiu pela direita e cruzou para Suárez, dentro da área, apenas completar para o gol vazio: 2 a 0.

Mais cedo, o Newcastle derrotou o arquirrival Sunderland por 1 a 0, fora de casa. Ryan Taylor marcou o único gol da partida, aos 17 minutos do segundo tempo. Com sua primeira vitória no campeonato, o Newcastle chegou aos quatro pontos. Ainda sem vencer, o Sunderland segue com apenas um ponto na tabela.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.