Liverpool desmerece título tricolor

Em seu site oficial, o Liverpool lamenta a derrota para o São Paulo, mas reclama da má sorte e da atuação do árbitro mexicano Benito Armando Archundia. Em uma nota entitulada ?São Paulo quebra os corações de Liverpool?, os ingleses deixam claro que a conquista do rival foi injusta.?Os Reds [como os jogadores do Liverpool são chamados] acertaram duas vezes a trave, tiveram três gols anulados e viram um forte pênalti sofrido ser ignorado em uma das finais em que um time mais pressionou o adversário?, diz o começo da nota.No vestiário do Estádio Internacional de Yokohama, o técnico Rafa Benítez também disse que seu time merecia sorte melhor. "Nós tivemos 21 finalizações, 17 escanteios, duas bolas na trave, marcamos três gols, mas que mais podemos fazer? Nós merecíamos ganhar porque controlamos o jogo", analisou, antes de ironizar a postura são-paulina no segundo tempo. "Você normalmente não vê um time brasileiro se defendendo tanto como eles fizeram".O técnico também criticou bastante a atuação do trio de arbitragem, principalmente a do assistente Hector Vergara, do Canadá, que marcou impedimento em dois gols do Liverpool. Segundo ele, a organização do Mundial de Clubes não poderia permitir a presença de árbitros vindos de países sem tradição no futebol. Da mesma opinião compartilhou o ex-jogador francês Michel Platini, que esteve no estádio e chamou a atuação do juiz de "criminosa".

Agencia Estado,

18 de dezembro de 2005 | 11h23

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.