Carl Recine / Reuters
Carl Recine / Reuters

Liverpool e City abrem duelo inglês pelas quartas de final da Liga dos Campeões

Partida opõe estilos de Guardiola e Jurgen Klopp, além dos dois centroavantes convocados por Tite

EFE

04 de abril de 2018 | 10h47

Liverpool e Manchester City, sobreviventes entre cinco ingleses que iniciaram a Liga dos Campeões da Europa, começam nesta quarta-feira, no estádio Anfield Road, a definir uma das quatro vagas nas semifinais, em mais um duelo de técnicos entre o alemão Jürgen Klopp e o espanhol Josep Guardiola.

+ Sem regras, 'elite do futebol' ameaça torneios europeus

+ Bayern vira sobre Sevilla fora de casa e fica mais perto da semifinal da Liga

+ Com gol antológico de Ronaldo, Real arrasa a Juventus na Itália e encaminha vaga

Os dois comandantes são velhos conhecidos, desde os tempos em que o primeiro comandava o Borussia Dortmund, e o segundo o Bayern de Munique. Ao todo, aconteceram 12 partidas entre as equipes treinadas por eles, com cada um levando a melhor cinco vezes e tendo acontecido dois empates.

Klopp é o único técnico a ter cinco vitórias sobre Guardiola, inclusive tendo comemorado após o último encontro entre eles, no dia 14 de janeiro deste ano, pelo Campeonato Inglês. O Liverpool passou pelo Manchester City, virtual campeão da competição, por 4 a 3, também em Anfield Road.

No turno, no entanto, em 9 de setembro do ano passado, Ederson, Danilo, Fernandinho, Gabriel Jesus e companhia golearam o rival, que ainda contava com Philippe Coutinho, agora no Barcelona, por 5 a 0, no Etihad Stadium, palco da volta do confronto na 'Champions'. O ex-Palmeiras foi um dos destaques do jogo, marcando duas vezes.

Nesta edição da Liga dos Campeões, o Liverpool está em campo desde mais cedo, pois precisou disputar fase preliminar, eliminando o Hoffenheim, da Alemanha. Depois, liderou chave que também tinha Sevilla, Spartak Moscou e Maribor. Nas oitavas, a classificação veio sem dificuldades, diante do Porto.

Para o duelo caseiro desta quarta-feira, a principal dúvida para Klopp é quanto as condições físicas do versátil alemão Emre Can, que joga na linha defensiva ou como volante. O jogador, sente dores musculares, que o tiraram do amistoso da seleção campeã do mundo com o Brasil, na semana passada.

O time da terra dos Beatles já não contam com o zagueiro camaronês Joel Matip e o meia inglês Adam Lallana, que sofreram lesões que os tirarão do restante da temporada. Por outro lado, o trio ofensivo formado por Roberto Firmino, pelo senegalês Sadio Mané e o egípcio Mohammed Salah, está confirmado.

No City, a dor de cabeça para Guardiola é o joelho esquerdo do atacante argentino Sergio Aguero. Dores no local impediram o jogador de defender a seleção argentina nos duelos com Itália e Espanha, e também de defender a equipe de Manchester em encontro com o Everton, pelo Campeonato Inglês.

Devido ao problema e o período de inatividade, caso tenha condições de disputar a partida, o camisa 10, que nunca marcou em Anfield, começará no banco de reservas, o que garante a permanência de Gabriel Jesus no time titular.

O zagueiro inglês John Stones, liberado pelo departamento médico do time de Manchester, após se recuperar de problema físico, deve ser relacionado, mas permanecendo como suplente.

Outra dúvida é na lateral-esquerda, em que o inglês Fabian Delph, e o brasileiro Danilo disputam posição. O problema é que os dois, assim como Fernandinho e o alemão Ilkay Gundogan, estão todos pendurados, com dois cartões amarelos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.