Lindsey Parnaby/AFP
Lindsey Parnaby/AFP

Liverpool é derrotado pelo Hull City e vê vaga na Liga dos Campeões ameaçada

Em péssima fase, Reds venceram apenas um jogo dos últimos nove disputados

Estadão Conteudo

04 Fevereiro 2017 | 15h26

Em um duelo entre times em posições opostas na tabela do Campeonato Inglês, o Hull City, que está na zona de rebaixamento, venceu o Liverpool por 2 a 0, neste sábado, em casa, em partida válida pela 24.ª rodada, e atrapalhou os planos do rival na briga por uma vaga na Liga dos Campeões da próxima temporada.

A vitória não serviu para tirar o Hull City da degola, pois o time se manteve na 18.ª posição, com 20 pontos, um a menos do que o Swansea City, último antes da zona de rebaixamento. Já o Liverpool estacionou nos 46 pontos, na quarta posição, ameaçado pelo Manchester City, que tem a mesma pontuação e joga no domingo contra o Swansea.

Nem mesmo a possibilidade de escalar os seus quatro principais jogadores juntos pela primeira vez desde novembro de 2016 deu ao Liverpool a chance de espantar a crise vivida. Mané, Philippe Coutinho, Roberto Firmino e Adam Lallana não conseguiram furar a sólida defesa rival e o time vermelho já amarga uma sequência de nove jogos com apenas uma vitória - sobre o Plymouth Argyle, da quarta divisão.

Em campo, o Hull City abriu o placar aos 44 minutos do primeiro tempo. Em cobrança de escanteio, N'Diaye aproveitou erro de Mignolet ao tentar afastar a bola, ficou com a sobra e mandou para o fundo das redes.

Mesmo com a superioridade de posse de bola e finalizações durante toda a partida, o Liverpool não conseguiu superar o rival. Nos minutos finais, aos 44 da segunda etapa, o Hull City ampliou. Os donos da casa roubaram a bola na entrada da própria área, e Andrea Ranocchia lançou Niasse. O atacante avançou em velocidade e chutou por baixo do goleiro para selar o 2 a 0.

Na sequência do Campeonato Inglês, os dois times voltam a campo no próximo sábado. Enquanto o Hull City encara o Arsenal fora de casa, o Liverpool recebe o Tottenham em um confronto direto pelo G4.

OUTROS RESULTADOS

Enquanto o Liverpool vive má fase, o seu arquirrival Everton encontrou motivos para sorrir neste sábado. Em casa, o time venceu o Bournemouth por 6 a 3, com show do belga Romelu Lukaku, autor de quatro gols.

Ainda neste sábado, em duelo da parte de baixo da tabela, o lanterna Sunderland goleou o Crystal Palace por 4 a 0, fora de casa, e chegou aos mesmos 19 pontos do adversário no Inglês.

Com o ex-são-paulino Jonathan Calleri entrando em campo aos 45 minutos do segundo tempo e passando em branco, o West Ham bateu o Southampton por 3 a 1, fora de casa. Manolo Gabbiadini abriu o placar para os anfitriões, mas a equipe londrina virou com gols de Andy Carroll, Pedro Mba Obiang e Mark Noble.

Já o Watford se aproveitou de uma expulsão rival logo aos seis minutos de jogo e bateu o Burnley por 2 a 1, em casa. Jeff Hendrick recebeu o cartão vermelho, Troy Deeney e Mbaye Niang balançaram as redes para os donos da casa e Ashley Barnes descontou. Também neste sábado, o West Bromwich Albion recebeu e venceu o Stoke City por 1 a 0, com gol de James Morrison.

Mais conteúdo sobre:
Futebol Internacional futebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.