Bo Amstrup/ AP
Bo Amstrup/ AP

Liverpool empata fora, mas garante 1º lugar do grupo na Liga dos Campeões

Atalanta avança na segunda posição, depois de derrotar o Ajax, por 1 a 0, fora de casa

Redação, Estadão Conteúdo

09 de dezembro de 2020 | 17h50

O Liverpool confirmou nesta quarta-feira a primeira colocação do Grupo D da Liga dos Campeões. Já classificado e atuando fora de casa, o time inglês empatou por 1 a 1 com o dinamarquês Midtjylland, com direito a gol e dois recordes de Mohamed Salah. A outra vaga da chave ficou com a Atalanta, assegurada nas oitavas de final. O time italiano visitou o Ajax e venceu por 1 a 0, relegando o clube holandês à disputa da Liga Europa.

Com os resultados, o Liverpool chegou aos 13 pontos. Já a Atalanta fechou as seis rodadas com 11, quatro a mais que o Ajax. O Midtjylland foi o lanterna, com pontuação de apenas dois pontos.

O empate do Liverpool foi construído a partir dos primeiros instantes da partida disputada na Dinamarca. Com apenas 55 segundos do primeiro tempo, Salah fez o gol mais rápido da história da Liga dos Campeões moderna, após se aproveitar de falha da defesa e marcar na saída do goleiro.

Com o gol, o egípcio também se tornou o maior artilheiro da história do Liverpool na competição. Foi o 22º gol do atacante, que superou a marca do ex-meia e capitão Steven Gerrard, inglês que marcou 21 vezes pelo clube no torneio europeu.

Além do recorde, Salah tem média amplamente superior a de Gerrard. O egípcio se tornou artilheiro da equipe na Liga com apenas 39 jogos disputados na competição. O ex-meia fez 21 gols em 73 jogos disputados no torneio.

Os outros jogadores que aparecem na sequência da lista são do elenco atual: o ponta senegalês Sadio Mané, com 17 gols em 37 jogos, e o atacante brasileiro Roberto Firmino, que fez 15 em 38 atuações. Ambos foram reservas, já que o Liverpool escalou time misto nesta quarta.

O gol de Salah, porém, não foi suficiente para o Liverpool vencer. Aos 15 minutos do segundo tempo, o Midtjylland teve pênalti confirmado após revisão do árbitro de vídeo (VAR). O dinamarquês Alexander Scholz foi para a cobrança e converteu. Nos instantes finais, Minamino chegou a balançar as redes, em favor do Liverpool, mas o árbitro anotou impedimento.

Já a Atalanta teve que esperar um pouco mais para garantir a classificação, já que confirmou o triunfo apenas no final da partida em Amsterdã. O autor do gol da vitória foi o atacante colombiano Luis Muriel, que converteu aos 40 minutos do segundo tempo.

Ao longo da partida, os italianos tiveram que resistir à pressão dos donos da casa, que precisavam vencer para passar de fase. Entretanto, o meia holandês Ryan Gravenberch foi expulso aos 35 do segundo tempo e abriu o caminho para a classificação da Atalanta.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.