Liverpool espanta crise e derrota Inter de Milão pela Liga

Inter de Milão é prejudicada pela expulsão de seu zagueiro, o italiano Materazzi, aos 29 do primeiro tempo

Efe

19 de fevereiro de 2008 | 19h09

O Liverpool conseguiu abafar um pouco a má fase no Campeonato Inglês ao superar nesta terça-feira a Inter de Milão por 2 a 0 no estádio Anfield Road, na partida de ida pelas oitavas-de-final da liga dos Campeões.Querendo se redimir diante de sua fanática torcida, o time da terra dos Beatles foi para cima dos italianos, que vinham como favoritos por liderarem com folga o campeonato de seu país.Mas não foi bem isso que se viu em campo: contando com o retorno do meia e capitão Staven Gerrard e do artilheiro espanhol Fernando Torres, os ingleses dominaram as ações desde o início.Com isso, a equipe comandada pelo espanhol Rafael Benítez - e que teve o volante Lucas e o lateral-esquerdo Fábio Aurélio como titulares - acabou com mais chances de gol, enquanto a Inter pouco ameaçou.O Liverpool quase abriu o placar aos 13 minutos, em cobrança de falta de Gerrard. O argentino Cambiasso acabou desviando. A situação piorou para os italianos aos 29 minutos, quando o árbitro belga Frank de Bleeckere expulsou o zagueiro Materazzi pelo segundo amarelo após falta em Torres.No entanto, a Inter pareceu melhorar sem o defensor: o time passou a se mexer mais em campo e quase abriu o placar nos acréscimos, com uma bomba de Cambiasso. O segundo tempo começou com o Liverpool mantendo a pressão. Liverpool-ING2Reina, Finnan, Carragher, Hyypia e Fábio Aurélio; Mascherano, Lucas (Crouch), Gerrard e Babel (Pennant); Kuyt e TorresTécnico: Rafa Benitez Inter de Milão-ITA0Julio Cesar, Maicon, Córdoba (Burdisso), Materazzi     e Chivu    ; Zanetti, Stankovic, Cambiasso e Maxwell; Cruz (Vieira) e IbrahimovicTécnico: Roberto ManciniGols: Kuyt, aos 39; e Gerrard, aos 44 minutos do segundo tempoÁrbitro: Frank De Bleeckere (BEL)Renda: não disponívelPúblico: não disponívelEstádio: Anfield Road, em Liverpool (ING)Gerrard e Fernando Torres perderam boas chances. Para tentar chegar à vitória, Benítez tirou Lucas e mandou a campo o gigante Crouch. A torcida ainda reclamou um suposto pênalti não marcado pelo árbitro, pois Vieira teria colocado a mão na bola dentro da área em lance de Gerrard.No fim da partida, o Liverpool desencantou: aos 39, o atacante holandês Kuyt recebeu passe de Pennant pela direita e chutou forte dentro da área, sem chance para o goleiro brasileiro Júlio César.Pouco depois, aos 44, Gerrard recebeu fora da área, se livrou do marcador e chutou cruzado. A bola passou por todos e foi parar no canto direito de Júlio César.Antes considerado zebra, o Liverpool consegue um resultado que permite ao time lutar por um empate no jogo de volta, no estádio Giuseppe Meazza de Milão, dia 11 de março.

Tudo o que sabemos sobre:
Liga dos Campeões da Uefa

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.