Eddie Keogh/Reuters
Eddie Keogh/Reuters

Liverpool goleia West Ham e segue na cola dos rivais de Londres no Inglês

Equipe conta com dois gols de Salah para atingir 19 pontos na 6ª colocação

Estadão Conteúdo

04 Novembro 2017 | 17h54

Em recuperação no Campeonato Inglês, o Liverpool goleou o West Ham por 4 a 1, neste sábado, no estádio Olímpico de Londres, e permanece na cola dos rivais londrinos Arsenal, Chelsea e Tottenham, que ainda jogam nesta 11.ª rodada. Destaque para o atacante egípcio Salah, que balançou as redes duas vezes. Foi a segunda vitória seguida do time de Liverpool, que venceu o Huddersfield Town por 3 a 0 na rodada anterior.

+ Leia mais notícias sobre futebol internacional

+ Confira a tabela do Campeonato Inglês

+ Cavani e Mbappé marcam dois gols cada e PSG goleia o Angers pelo Francês

Além de Salah, o zagueiro Matip e o meia Oxlade-Chamberlain marcaram os gols da vitória do Liverpool, que continua próximo da zona de classificação para a Liga dos Campeões da Europa, na sexta posição, agora com 19 pontos, um a menos que Arsenal e Chelsea, quinto e quarto colocados, respectivamente, e a dois do Tottenham, que ocupa a terceira posição. Com a derrota, o West Ham caiu para a 17.ª posição, com nove pontos, e está a apenas um do Swansea City, primeiro time dentro da zona de rebaixamento.

Sem o meia brasileiro Philippe Coutinho, que segue se recuperando de um problema muscular na coxa, mas com o senegalês Sadio Mané de volta, o Liverpool foi melhor que o adversário em praticamente toda a partida. E o retorno de Mané foi fundamental para o time do técnico alemão Jürgen Klopp conquistar a vitória. O atacante foi responsável pelas assistências para os dois gols de Salah, o primeiro aos 21 minutos do primeiro tempo e o segundo, que decretou o resultado, ao 31 da etapa final.

Matip aproveitou o rebote do goleiro Hart para marcar o segundo gol, aos 24 minutos do primeiro tempo. O West Ham até chegou a ensaiar uma reação, ao marcar um belo gol com o argentino Lanzini, aos 10 da segunda etapa, diminuindo o placar, àquela altura, para 2 a 1. Mas o Liverpool foi rápido e fez o terceiro um minuto depois, em chute de Chamberlain que contou com a assistência do brasileiro Roberto Firmino, e o quarto em belo chute cruzado de Salah.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.