Liverpool multa Suárez por mordida

O Liverpool anunciou nesta segunda-feira que impôs uma multa de valor não revelado ao atacante uruguaio Luis Suárez por ter mordido o zagueiro Branislav Ivanovic, do Chelsea, no fim de semana, mas não irá dispensá-lo.

Reuters

22 de abril de 2013 | 10h01

Suárez, artilheiro do Campeonato Inglês com 23 gols, foi amplamente criticado por sua atitude durante o empate de 2 x 2 no domingo, e deve sofrer uma prolongada suspensão. Mas o diretor-gerente do Liverpool, Ian Ayre, disse que o clube continuará ao lado do atleta.

"Acho que o mais importante é que agimos com rapidez ontem", disse Ayre no site do clube.

"Luis emitiu suas desculpas e então conversamos com ele ontem à noite e novamente hoje de manhã. Tomamos a atitude de multar Luis por suas ações."

Ayre não divulgou o valor da multa, mas Suárez pediu que o dinheiro seja doado ao Grupo de Apoio às Famílias de Hillsborough, criado após o desastre de 1996 no estádio Hillsborough, que matou 96 torcedores do Liverpool.

Várias personalidades do futebol disseram que a agressão de Suárez seria justificativa para uma rescisão de contrato, mas Ayre afirmou que o técnico Brandan Rodgers vai trabalhar com o uruguaio para tentar melhorar sua disciplina.

"Os proprietários estão felizes com a forma como estamos lidando com o assunto", afirmou o dirigente.

(Reportagem de Martyn Herman)

Tudo o que sabemos sobre:
FUTINGLESSUAREZMORDIDA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.