Liverpool será indenizado por lesão de Gerrard na seleção

A federação inglesa de futebol vai indenizar o Liverpool pela lesão sofrida na perna pelo meia Steven Gerrard durante o amistoso da Inglaterra com a França na quarta-feira.

REUTERS

19 de novembro de 2010 | 11h33

O capitão do Liverpool ficará em recuperação por até quatro semanas, e a indenização será em torno de 800 mil dólares, de acordo com a imprensa britânica, para cobrir o salário do jogador.

"A federação tem seguro para cobrir as lesões sofridas por jogadores durante o período com a seleção", disse a federação inglesa em comunicado nesta sexta-feira.

"A Inglaterra é um dos poucos países que tem um esquema de seguro para cobrir o salário dos jogadores caso eles se machuquem na seleção. O Liverpool não precisará nos pedir uma compensação, porque a nossa seguradora vai cobrir os salários para o Liverpool, uma vez que claramente houve uma lesão."

Gerrard deixou a partida em Wembley, em que a Inglaterra perdeu por 2 x 1 para a França, aos 40 minutos do segundo tempo.

O técnico da seleção inglesa, Fabio Capello, foi duramente criticado pelo preparador físico do Liverpool Darren Burgess, que considerou "amadora" a decisão do treinador de manter o jogador em campo até os minutos finais.

Capello havia dito que Gerrard jogaria por apenas uma hora, mas que foi obrigado a mantê-lo em campo após as lesões sofridas por Rio Ferdinand e Gareth Bale no decorrer do jogo.

Tudo o que sabemos sobre:
FUTINGLESLIVERPOOLINDENIZACAO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.