Liverpool será vendido para empresários por US$ 344 milhões

A diretoria do Liverpool anunciou nesta quarta-feira que o clube aceitou a proposta de compra enviada pelos empresários norte-americanos George Gillett e Tom Hicks, que gira em torno de US$ 344 milhões (cerca de R$ 720 milhões).Ao valor da venda foi somado a dívida que o clube acumulou nos últimos anos, que é de aproximadamente US$ 83 milhões (R$ 175 milhões). Os norte-americanos também terão o controle dos atuais jogadores do elenco, que conta com algumas estrelas, como o capitão Steven Gerrard.Além disso, os magnatas norte-americanos assumiram o compromisso de construir um novo estádio, que custaria cerca de US$ 430 milhões (R$ 905 milhões). O campo terá capacidade para receber 60 mil torcedores e poderia ajudar o país, que pretende sediar uma Copa do Mundo."O Conselho Administrativo decidiu por unanimidade repassar as ações por este valor. É um grande passo para o Liverpool e todos os seus acionistas", contou o presidente, David Moores, que até então tinha 51,6% das ações da equipe.Hicks, de 60 anos, é proprietário da franquia de hóquei sobre gelo do Dallas Stars, além do time beisebol do Texas Rangers. Ele também fez parte da Hicks Muse Tate & Furst (HTMF), que patrocinou o Corinthians na década de 1990. Por sua vez, Gillett, de 68 anos, é dono da estação de esqui de Vail (Colorado) e da franquia de hóquei do Montreal.O Liverpool se tornou o sétimo clube com controle estrangeiro no país e o terceiro a ser adquirido por norte-americanos - os outros são Manchester United (Malcolm Glazer) e Aston Villa (Randy Lerner). Dezoito vezes campeão Inglês, o Liverpool não consegue conquistar um título nacional desde 1990.As outras negociações do futebol inglêsFulham (1997) - comprado pelo empresário egípcio Mohammed al Fayed. Chelsea (2003) - adquirido pelo magnata russo Roman Abramovitch. Ganhou as duas últimas temporadas do futebol inglês. Manchester United (2005) - adquirido pela família Glazar, dona da franquia Tampa Bay Buccaneers (NFL). Atualmente, o time lidera o Campeonato Inglês. Portsmouth (2006) - adquirido pelo milionário russo Alexandre Gaydamak. Aston Villa (2006) - comprado pelo norte-americano Randy Lerner, dono da equipe de futebol americano do Cleveland Browns. West Ham (2006) - o clube do argentino Carlitos Tevez foi adquirido por um consórcio empresarial islandês. Modificado às 14 horas para atualização dos valores da negociação

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.