Athletic Club
Athletic Club

Loco Abreu se despede do Athletic após quatro jogos e vai ao Uruguai encerrar a carreira

Paralisação do futebol mineiro antecipou saída do atacante, que esteve em campo na vitória sobre o Pouso Alegre, por 2 a 1, neste sábado

Redação, O Estado de S.Paulo

21 de março de 2021 | 15h36

O experiente atacante uruguaio Loco Abreu já não atua mais pelo Athletic Club. Tendo disputado apenas quatro jogos como titular pelo Campeonato Mineiro, o jogador decidiu antecipar seu retorno ao seu país-natal para encerrar a carreira. Com a paralisação do futebol em Minas Gerais, a diretoria do clube de São João del-Rei e o atleta entenderam ser melhor encerrar o vínculo.

Outra motivação para a decisão é a dificuldade de se ingressar no Uruguai a partir do dia 2 de abril, quando as fronteiras serão fechadas para conter o avanço da pandemia de covid-19. A princípio, Abreu tinha contrato com o Athletic até 4 de abril. No dia seguinte, se encerra a janela de transferências para o futebol uruguaio, onde o atacante deve vestir seu 31.º uniforme da carreira.

Durante sua passagem pelo futebol mineiro em 2021, o uruguaio de 44 anos não marcou gols pela equipe alvinegra. Neste sábado, se despediu com vitória por 2 a 1 sobre o Pouso Alegre e presença no time titular. Agora, o Athletic ocupa posição na zona de classificação para as semifinais do estadual.

Em sua breve passagem pelo clube, Loco Abreu viu sua equipe vencer dois compromissos (contra Boa Esporte e Pouso Alegre) e ser superado em outros dois (diante de América-MG e Cruzeiro). Em sua chegada, foi recepcionado com festa por parte de torcedores. No futuro, o atacante não deixará o futebol e pretende seguir carreira como treinador.

No Brasil, o uruguaio, que ficou marcado por suas cobranças de pênalti de cavadinha, atuou por Grêmio, Botafogo, Figueirense, Bangu e Rio Branco-ES.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.