Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians
Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

Lodeiro quer deixar o Corinthians para atuar no Boca Juniors

'Se houver uma possibilidade de ele sair do Brasil, nós a veremos com bons olhos', afirma Gerardo Cano, empresário do jogador

Estadão Conteúdo

26 de dezembro de 2014 | 14h57

No que depender de Lodeiro, sua apagada passagem pelo Corinthians está com os dias contados. Depois de sofrer com a falta de espaço no clube paulista no segundo semestre de 2014, o uruguaio está querendo ir embora para a Argentina, mais especificamente para o Boca Juniors, que manifestou interesse em contratá-lo. Quem garantiu foi o empresário do atleta, Gerardo Cano.

"O Nicolás (Lodeiro) tem vontade e vai fazer de tudo para poder jogar no Boca", declarou Cano em entrevista à Rádio Mitre, da Argentina, nesta sexta-feira. "Se houver uma possibilidade de ele sair do Brasil, nós a veremos com bons olhos."

Após dois anos no Botafogo, Lodeiro chegou ao Corinthians depois da Copa do Mundo de 2014. No entanto, não encantou Mano Menezes, teve poucas oportunidades e atuou somente oito vezes antes de ser encostado no elenco. Talvez por isso o uruguaio deseje deixar o clube, mas o próprio Gerardo Cano sabe da dificuldade.

"Hoje não há um clube que possa pagar a rescisão de contrato dele, que é de 10 milhões de euros", afirmou o empresário, que, no entanto, se mantém esperançoso pela possibilidade de empréstimo. "De certo há a possibilidade. Seria por seis meses e ele estaria em uma boa vitrine para a Europa."

O problema é que a diretoria corintiana não parece disposta a se desfazer do meia, principalmente por considerar que ele teve poucas chances com Mano. A expectativa é de que Tite o aproveite mais em 2015 e faça valer os R$ 4,5 milhões pagos para tirá-lo do Botafogo. Lodeiro tem contrato até o fim de 2018.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.