Eddie Keogh/Reuters
Eddie Keogh/Reuters

Loftus-Cheek marca três e Chelsea supera o BATE Borisov na Liga Europa

Blues mantêm os 100% de aproveitamento no Grupo L com vitória por 3 a 1, em casa

Estadao Conteudo

25 Outubro 2018 | 18h02

O Chelsea derrotou com facilidade o BATE Borisov nesta quinta-feira, pela Liga Europa, com show de Loftus-Cheek. Em dia inspirado, o meia marcou os três gols do triunfo por 3 a 1, que deu sequência ao ótimo início de temporada da equipe e praticamente a garantiu na próxima fase do torneio continental.

Com o triunfo, o Chelsea chegou a nove pontos, na liderança do Grupo L, a seis do BATE Borisov, do Vidi e do PAOK, todos com três. Na outra partida da chave, aliás, o Vidi visitou o PAOK na Grécia e surpreendeu ao vencer por 2 a 0, resultado que embolou o grupo a duas rodadas para o fim da primeira fase.

O show de Loftus-Cheek nesta quinta começou cedo. Aos dois minutos, ele aproveitou cruzamento da direita e finalizou para a rede, em seu primeiro chute a gol em toda a temporada. Cinco minutos depois, no segundo, ele ampliou. Após escanteio da direita, se antecipou para desviar para a rede.

A vantagem fez o Chelsea diminuir o ritmo, e o time só voltou a marcar no segundo tempo. Aos oito minutos, Loftus-Cheek aproveitou sobra e bateu de fora da área, sem muita força. O goleiro foi mal para a bola e viu ela morrer na rede. Ainda deu tempo para Aleksey Rios diminuir aos 33, após escanteio da esquerda.

Na próxima rodada da Liga Europa, o Chelsea volta a encarar o BATE Borisov, desta vez na Bielo-Rússia, no dia 8 de novembro. Na mesma data, o Vidi vai receber o PAOK na Hungria.

OUTROS RESULTADOS

Pelo Grupo G, o Villarreal assumiu a liderança ao golear o Rapid Viena por 5 a 0, em casa, chegando aos cinco pontos. O Rangers tem os mesmos cinco pontos, mas com desvantagem no saldo de gols, após empatar por 0 a 0 com o Spartak Moscou, na Escócia.

Pelo Grupo K, destaque para o Dínamo de Kiev, que visitou o Rennes e arrancou uma vitória por 2 a 1 nos minutos finais, mesmo com um jogador a menos. A equipe chegou à segunda posição, com cinco pontos, mesmo número do Astana, que leva vantagem no saldo de gols e empatou por 1 a 1 com o Jablonec, na República Checa.

 

 

Mais conteúdo sobre:
futebolLiga EuropaChelsea

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.