Londrina impõe 1ª derrota ao Cruzeiro

O Londrina tirou a invencibilidade do Cruzeiro nesta temporada, nesta quarta-feira à noite, no Estádio do Café, em Londrina, ao derrotar o time mineiro, por 1 a 0, pela Copa do Brasil. Na próxima partida, em Belo Horizonte, o time do Paraná joga por um empate para continuar na competição e enfrentar o Corinthians. Além da derrota, o Cruzeiro teve expulsos o zagueiro Cris e o meia Ruy. O Londrina tentou imprimir seu ritmo no início do jogo com constantes descidas ao ataque, mas o Cruzeiro logo equilibrou as ações e a partida ganhou em movimentação. Aos 11 minutos, o Cruzeiro teve a melhor oportunidade para abrir o placar, mas Edilson cobrou mal um pênalti, que foi defendido pelo goleiro Serginho. Aos 22, Sorín recebeu a bola livre na área do Londrina, mas não teve domínio para concluir. No primeiro tempo, os atacantes dos dois times ficaram mais posicionados no meio-de-campo, por isso as chances de gol não foram muitas. Apenas o Cruzeiro teve outra, aos 46 minutos, mas o goleiro Serginho defendeu um chute à queima-roupa de Luizão. Antes disso, aos 42 minutos, Cris foi expulso por agredir Vanderlei com uma cotovelada no rosto. O Cruzeiro sentiu a perda do zagueiro e voltou com menos movimentação para o segundo tempo, permitindo que o Londrina arriscasse mais no ataque. Aos 15 minutos, o atacante angolano Johnson recebeu um passe e, dentro da área, apenas desviou a bola do goleiro Jefferson para marcar o gol londrinense. A partir dos 30 minutos, com a saída de Edilson que não tinha feito nada até aquele instante, a não ser errar o pênalti, o Cruzeiro partiu com tudo para o ataque, mas o técnico Freitas Nascimento reforçou sua defesa e garantiu o resultado. Aos 37 minutos, o meia do Cruzeiro, Ruy, também foi expulso por agressão ao adversário. Outros resultados da Copa do Brasil: Brasiliense 3 x 2 Nautico, ASA 2 x 1 Confiança, América-RN 0 x 1 Bahia e Figueirense 3 x 1 Vitória-BA.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.