Londrina perde dois pênaltis, empata com o Oeste e segue fora do G4 da Série B

Time paranaense fica com 55 pontos, em sexto lugar, dois atrás do Goiás, o quarto colocado

Estadão Conteúdo

10 Novembro 2018 | 19h10

Na briga para chegar no G4 e sonhar com o acesso no Campeonato Brasileiro da Série B, o Londrina perdeu pontos preciosos ao empatar sem gols com o Oeste neste sábado à tarde, na Arena Barueri, pela 36.ª rodada. O time paranaense ainda teve duas chances de sair na frente em duas cobranças de pênalti do artilheiro Dagoberto, ambas defendidas pelo goleiro Tadeu, que se transformou no herói do jogo.

O Londrina fica com 55 pontos, em sexto lugar, dois atrás do Goiás, o quarto. O time paulista atingiu os 45 pontos e praticamente se livrou da ameaça de rebaixamento. O jogo teve dois tempos distintos. O primeiro, dominado pelo Oeste e, o segundo, todo do Londrina.

O Londrina entrou em campo com a melhor campanha no segundo turno, com 10 vitórias em 15 jogos e invicto há dez jogos. Além disso, com chances de brigar pelo acesso e apoiado por cerca de 500 torcedores. Dez ônibus vieram de Londrina a Barueri.

Mas, em casa, o Oeste tratou de dominar o setor de meio-campo. Aos poucos, foi se arriscando ao ataque e criando chances. Aos sete minutos, Mazinho dominou pelo lado esquerdo e na batida foi bloqueado pelo goleiro Vagner. Outra boa chance saiu aos 34 minutos, quando Bruno Lopes, que tinha entrado no lugar de Lídio, fez um belo giro e soltou a bomba. A bola iria no ângulo,mas Vagner, com a mão trocada, mandou a escanteio.

O Londrina foi apático, muito cauteloso e sem disposição ofensiva apesar de ter três atacantes. Só chegou na frente com duas avançadas do lateral Lucas Moron em cruzamentos que não foram aproveitados.

No segundo tempo, o Londrina mudou seu posicionamento e passou a atacar mais. Aos dez minutos teve, enfim, sua grande chance. Após levantamento na área, Dagoberto matou no peito e deu um belo voleio, exigindo grande defesa de Tadeu. O Oeste ficou acuado em seu campo e ainda deu sorte em dois chutes de Felipe Marques, ambos fortes, porém, para fora aos 19 e aos 20 minutos. Aos 25 minutos, Paulinho Mocellin invadiu a área, passou por dois marcadores e chutou em cima de Tadeu, que cobriu bem o ângulo.

O técnico Roberto Cavalo tentou recompor o Oeste, tirando Mazinho, já cansado, para a entrada de Pedrinho. Mas não adiantou. O Londrina continuou melhor e aos 33 minutos teve um pênalti a seu favor. Patrick perdeu a bola e na recuperação atropelou Paulinho Mocellin, que estava pronto para finalizar a gol.

Na primeira cobrança, Dagoberto chutou e o goleiro Tadeu defendeu do lado direito, mas o lance foi anulado porque ele se adiantou. O auxiliar Thiago Correa Farinha anotou corretamente. O jogo ficou parado até os 40 minutos com a reclamação geral do time da casa, quando Dagoberto bateu de novo, invertendo o lado. Desta vez, Tadeu caiu do lado esquerdo e agarrou a bola.

Dagoberto é o artilheiro da Série B, com 16 gols, ao lado de Lucão, do Goiás. E quase ele abriu o placar, em escanteio aos, 43 minutos. Seria um gol olímpico, não fosse o desvio de Tadeu para fora. O mesmo Dagoberto tentou de fora da área aos 47 minutos, mas Tadeu espalmou de novo. Não era mesmo um dia bom para o Tubarão, ou é melhor acreditar que uma tarde inesquecível de Tadeu.

Na penúltima rodada, O Oeste vai enfrentar o Goiás, de novo em Barueri, no sábado, dia 17, às 21 horas. O Londrina vai receber o CRB, na sexta-feira, às 21h30, no Estádio do Café.


FICHA TÉCNICA:

OESTE 0 X 0 LONDRINA

OESTE - Tadeu; Adriano Alves, Joilson, Patrick e Conrado; Lídio (Bruno Lopes), Betinho, Rodrigo Souza e Léo Ceará (Felipe); Raphael Luz e Mazinho (Pedrinho). Técnico: Roberto Cavalo.

LONDRINA - Vagner; Lucas Ramon, Dirceu, Leandro Almeida e Sávio; João Paulo, Germano (Carlos Henrique) e Higor Leite (Dudu); Paulinho Moccelin, Dagoberto e Felipe Marques (Thiago Ribeiro). Técnico: Roberto Fonseca.

ÁRBITRO - Alexandre Vargas Tavares de Jesus (RJ)

CARTÕES AMARELOS - Lídio, Mazinho, Rodrigo Souza, Betinho, Patrick, Tadeu, Conrado e Adriano Alves (Oeste); João Paulo (Londrina).

RENDA - R$ 14.170,00

PÚBLICO - 1.032 pagantes

LOCAL - Arena Barueri, em Barueri (SP).

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.