Londrina vence Joinville e se mantém na cola do G4 da Série B do Brasileiro

O Londrina deu mais um passo à frente nesta noite na briga pelo acesso à elite do Campeonato Brasileiro. Jogando no estádio do Café, o time da casa bateu o Joinville por 1 a 0 se aproximou das primeiras posições da Série B nesta 23.ª rodada.

Estadão Conteúdo

03 de setembro de 2016 | 21h07

O time paranaense chegou aos 37 pontos e emendou a segunda vitória consecutiva, já que na última terça-feira bateu o Náutico por 2 a 0, fora de casa. Por outro lado, os catarinenses caíram ainda mais na zona de rebaixamento, somam 22 pontos, agora na vice-lanterna à frente apenas do Sampaio Corrêa.

Com o tempo chuvoso no interior do Paraná, a bola rolou pela primeira vez nos pés do Joinville. Mesmo com um ânimo inicial dos visitantes, o gramado molhado deixou o confronto mais truncado, dificultando as trocas de passes. Emprestado pelo Coritiba, o meia Zé Rafael era o mais agressivo em campo.

Rápido, o jogador de 23 anos se movimentava muito no ataque, além de arriscar chutes da entrada da grande área. Além dele, o artilheiro Keirrison também se arriscava pelo alto, nas bolas alçadas em direção à meta de Samuel Pires. Até que, aos 40 minutos da primeira etapa, Fabiano Eller puxou a camisa de Keirrison em um lance de velocidade e o árbitro deu o cartão vermelho direto.

Na reclamação, o técnico Lisca acabou se exaltando e o goiano André Luiz de Freitas Castro também o mandou mais cedo para os vestiários. Na volta para o segundo tempo, com um jogador a mais, o Londrina não demorou para abrir o placar. Logo aos seis minutos, Zé Rafael tabelou, tirou a marcação e bateu no canto direito do goleiro.

Com a vantagem, o time da casa se soltou ainda mais na frente. A dupla Zé Rafael e Keirrison não deixou de infernizar a marcação, mas o goleiro Samuel Pires conseguiu afastar as principais oportunidades.

Nos minutos finais, Everton Silva entrou no lugar de Bruno Farias, ficou três minutos em campo e também acabou expulso, deixando o Joinville com dois jogadores a menos.

Apesar da desvantagem numérica, o Joinville ainda tentou o empate no final. A equipe acertou uma bola na trave e obrigou o goleiro Marcelo Rangel a fazer duas grandes defesas para garantir a vitória.

Na briga contra a degola, o Joinville já tem o próximo compromisso marcado para a próxima sexta-feira, pela 24.ª rodada da Série B. Na Arena Joinville, o time recebe o Tupi, às 19h15. Já no sábado, o Londrina vai até Curitiba enfrentar o Paraná no duelo regional, às 16h.

FICHA TÉCNICA

LONDRINA 1 X 0 JOINVILLE

LONDRINA - Marcelo Rangel; Lucas Ramón, Everton Sena, Matheus e Paulinho; Bidía (França), Fillipe Soutto, Rondinelly e Zé Rafael; Marcos Vinícius (Itamar) e Keirrison. Técnico: Cláudio Tencati.

JOINVILLE - Samuel Pires; Reginaldo, Danrlei, Fabiano Eller e Diego; Naldo, Matheus Bertotto (Thomás), Bruno Ribeiro e Bruno Farias (Everton Silva); Giva (Jaime) e Jael. Técnico: Lisca.

ÁRBITRO - André Luiz de Freitas Castro (GO).

GOL - Zé Rafael, aos 6 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Bidía e Itamar; Giva (Joinville).

CARTÕES VERMELHOS - Fabiano Eller e Everton Silva (Joinville).

RENDA - Não disponível.

PÚBLICO - 2.357 pagantes.

LOCAL - Estádio do Café, em Londrina (PR).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.