Longe das críticas, Fla encara Bahia

Longe da torcida, que vem insistentemente hostilizando o time, o técnico do Flamengo, Nelsinho Baptista, busca a tranqüilidade da vitória para dar seqüência ao início de seu trabalho, neste domingo, contra o Bahia, às 16 horas, em Salvador. Por precaução, o treinador optou por não modificar o time para que os jogadores ganhem confiança."Acho que nunca se chega a um time ideal, mas esta base foi a que chegou mais próxima do nosso modelo perfeito", disse o técnico do Flamengo. "Peço também o apoio dos torcedores." Apesar da decisão da não modificar a equipe, Nelsinho tem um problema: o lateral-esquerdo Athirson. O jogador está com uma tendinite no joelho direito, mas vai atuar. De acordo com o atleta, a contusão é "suportável" e a próxima semana servirá para curá-la totalmente. "Mas, totalmente em forma, só estarei daqui a cerca de três rodadas."Para tentar sua primeira vitória no Brasileiro, em sua quarta partida à frente da equipe, o técnico do Flamengo manteve o atacante Jean, no lugar de Fernando Baiano. O jogador tem sido o "xodó" da torcida rubro-negro e um dos únicos polpados pelos protestos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.